Mídias Sociais

Política

Vereador de Macaé entra com ação junto ao MP-RJ pedindo investigação sobre serviços prestados pela Enel

Avatar

Publicado

em

 

Em sessão ordinária da Câmara Municipal de Macaé nesta terça-feira, 26, o vereador Robson Oliveira (PSDB) justifica medida judicial contra a Enel e volta a criticar serviços prestados pela empresa no município

O vereador Robson Oliveira (PSDB) entrou junto ao Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ), uma ação pedindo que a Promotoria de Justiça de Tutelas Coletivas de Macaé apure as denúncias de consumidores contra a concessionária de energia elétrica do município, a empresa Enel.

A qualidade dos serviços de fornecimento de energia elétrica prestados pela concessionária é alvo também de requerimento aprovado para realização de audiência pública nesta quinta-feira, 28, na Câmara Municipal, de autoria do vereador Julinho do Aeroporto (MDB).

Durante o Grande Expediente da sessão ordinária desta terça-feira, 26, Robson confirmou a ação junto ao MP-RJ em que cita ainda decisão de investigar o descumprimento dos índices de continuidade de fornecimento de energia da Enel nos municípios vizinhos de Cabo Frio, Arraial do Cabo e Armação dos Búzios, que também sofrem com a falta de energia.

Apontada, segundo o vereador, que também é radialista, como a campeã de reclamações de consumidores junto à Procuradoria Adjunta de Defesa e Proteção ao Consumidor (PROCON) de Macaé, a Enel é alvo de queixas da população de diversas localidades da cidade, principalmente na região serrana, onde Robson diz que os serviços são ainda piores.

No documento, o vereador tucano lembra que na serra macaense os problemas de falta de luz são comuns durante os fins de semana, sendo responsáveis por aparelhos eletrodomésticos queimados, além de outras perdas para os moradores, como alimentos, e até mesmo material agrícola como vacinas, conforme já relato por outros vereadores de Macaé em outras sessões.

“Fica o fim de semana inteiro sem luz e você liga para o 0800, a ligação cai em Niterói, num funcionário que não faz ideia de onde é Macaé. ‘É perto de Maricá? Ou de Magé?’. Eles não sabem nem onde fica Macaé. Eles desrespeitam a nossa cidade, que não é uma cidadezinha do interior. É do interior, mas não é inferior. Macaé é uma metrópole e não pode ser tratada desse jeito”, criticou Robson durante sessão da Câmara nesta terça.

Clique Diário

E. L. Mídia Editora Ltda
CNPJ: 09.298.880/0001-07
Redação: Avenida Atlântica, 2.500, sala 22 – Cavaleiros – Macaé/RJ

cliquediario@gmail.com
(22) 2765-7353

Mais lidas da semana