Mídias Sociais

Política

Cabo Frio poderá ter Coordenadoria-Geral de Defesa do Consumidor

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

Cabo Frio poderá ganhar reforços na Defesa do Consumidor. O Prefeito Dr. Adriano Moreno enviou para a Câmara Municipal um Projeto de Lei, que visa cria a Coordenadoria-Geral de Defesa do Consumidor e a Comissão de Avaliação Preliminar do Procon de Cabo Frio, além de restituir o Conselho Municipal de Defesa do Consumidor e o Fundo Municipal de Defesa dos Direitos Difusos Consumeristas.

Na prática, a proposta do Executivo reestrutura administrativamente o setor, dando-lhe condições de ser mais efetivo na fiscalização dos abusos praticados pelas empresas. De acordo com a coordenadora do Procon, Mônica Bonioli, a iniciativa é uma demonstração do respaldo dado pelo prefeito ao trabalho da equipe.

“O projeto foi feito pelo corpo jurídico do Procon e depois foi enviado para a Procuradoria, que mexeu mais um pouco. É uma lei que vai dar voz aos consumidores de Cabo Frio. Hoje, o prefeito dá liberdade ao Procon de funcionar, o que não acontecia antes em Cabo Frio. É uma lei partindo do Executivo, o que demonstra um prefeito sem comprometimento com empresas que abusam do consumidor”, salienta Mônica.

O projeto prevê que a Comissão de Avaliação Preliminar irá funcionar como uma espécie de primeira instância para os recursos administrativos impetrados pelas empresas que se julgarem prejudicadas. O mérito será avaliado por três advogados do Procon e, caso o recurso seja julgado improcedente, será possível recorrer ao Conselho Municipal de Defesa do Consumidor.

Mais lidas da semana