Mídias Sociais


Destaque

Operação Gohan da Polícia Civil contra o tráfico de drogas resulta na prisão de 12 criminosos em Casimiro de Abreu; assista:

Publicado

em

 

A Polícia Civil e o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) deflagraram a Operação Gohan nesta quarta-feira (20) contra o tráfico de drogas na Comunidade do Arroz, em Barra de São João, distrito de Casimiro de Abreu.

Conforme a polícia, o objetivo da ação é cumprir 37 mandados de prisão nas cidades de Casimiro, Campos dos Goytacazes, Rio das Ostras, Cabo Frio e Rio Bonito, contra alvos denunciados ao MPRJ por tráfico e associação ao tráfico de drogas.

A investigação teve início em 2019, após apreensão de enorme quantidade de drogas que estavam em tonéis enterrados em um pasto próximo à fazenda São João, localizada na comunidade. Ação foi realizada pela Polícia Militar (PM).

No decorrer das apurações, foi constatado que havia a existência de estrutura criminosa que operava o tráfico de drogas e delitos, que é filiada à facção criminosa Terceiro Comando Puro (TCP), onde 37 mandados de prisão preventiva foram expedidos pelo Juízo da Vara Única de Casimiro de Abreu.

Um dos alvos da operação foi a óbito, ainda de acordo com a Polícia Civil. Outros dez já estão no sistema carcerário por outros delitos e 12 infratores, sendo sete homens e três mulheres, foram capturados na ação. Na operação, foi utilizado apoio aéreo para a ação de campo, "uma vez que os traficantes têm o costume de correr para os fundos da comunidade, pois há um mangue e um rio, localidades em que os infratores se escondem".

A Civil informou, ainda, que no decorrer das diligências, foi constatado o envolvimento de policiais militares com a estrutura criminosa, motivo pelo qual foi encaminhada para a auditoria militar cópia dos autos para apuração em sede própria. Todos os presos durante a Operação Gohan estão sendo encaminhados para a 121ª Delegacia de Polícia (121ª DP), onde ficaram à disposição da Justiça.

Mais lidas da semana