Mídias Sociais

Esporte

Macaé sobe quatro vezes ao pódio na ‘6ª Taça de kickboxing’

Avatar

Publicado

em

 

O Polo de Cultura da Fronteira, da Secretaria de Cultura de Macaé, selecionou quatro alunos das turmas da modalidade de arte marcial kickboxing para participarem, no último sábado (12), no município de Araruama, da ‘6ª Taça Rio de Janeiro de kickboxing’. Esta competição antecede o Campeonato Estadual de kickboxing, que será realizado em 7 e 8 de dezembro, para a disputa do cinturão estadual. O grupo de jovens treinados pelo Sensei Jean Carlos Gomes de Matos e que forma o ‘Top Team IFKB (Izaque Fernandes de kickboxing) Macaé’ subiu quatro vezes ao pódio, sendo três no primeiro lugar.

A ‘6ª Taça Rio de Janeiro de kickboxing’ foi realizada no ginásio do Colégio Professor Darcy Ribeiro, em Araruama. O público lotou o local para assistir as disputas. Os atletas macaenses, embora filiados à Federação e à Confederação Brasileira deste esporte e treinando havia mais de um ano, estavam estreando em competições. Vitor Hugo Simas conquistou o 1º lugar Faixa Amarela/10 a 12 anos, categoria até 57 kg; Kalleb Satilha, o 1º lugar Faixa Branca/7 a 10 anos, categoria até 45 kg, e Kemilly Martins, o 1º lugar Faixa Branca/ 7 a 10 anos, categoria 45 kg. Ainda Josué Satilha garantiu o 3º lugar Faixa Amarela/10 a 12 anos, categoria até 69 kg.
"Isso tudo é resultado de muito comprometimento, tanto dos alunos como do Sensei. São horas de treinamento e, mesmo em pouco tempo de projeto, já colhemos frutos", disse o secretário de Cultura, Thales Coutinho.

O Sensei escolheu o nome da equipe em homenagem ao seu Mestre, Izaque Fernandes. Para ele, um dos mais importantes objetivos do seu trabalho é atrair os jovens da comunidade para uma vida social voltada para cultura do esporte, que envolve disciplina, respeito, hierarquia, autocontrole e autoconfiança. O professor considera que esta é uma das melhores estratégias para afastar crianças e jovens da violência e das drogas e até resgatá-los da criminalidade.

"Além destes quatro atletas, temos outros em plenas condições de competir. Ver estes jovens recebendo as suas premiações não tem preço. É uma alegria que não cabe no meu peito. O esporte tem muito a oferecer para as suas vidas, porque podemos formar bons atletas, exemplos de dedicação e de conquistas para a sociedade. Esta participação foi importante para prepará-los para uma competição maior ainda neste ano, o Campeonato Estadual. Esta competição reúne em média 1200 atletas e é uma das maiores de artes marciais do estado. Queremos realizar o feito inédito de trazer este cinturão para Macaé. Eu tenho certeza de que os nossos atletas podem chegar ao topo do esporte", disse Juan Carlos.

O Polo de Cultura da Fronteira tem atualmente 30 alunos nesta modalidade. Ainda restam algumas vagas nas turmas deste ano. Fora o atendimento a crianças e jovens, as aulas estão abertas para todos da comunidade. Há uma turma, as terças e quintas-feiras, às 9h, que recebe estritamente mulheres.

A proposta de criar uma turma exclusiva para mulheres é trabalhar a autoestima, a autoconfiança e o autocontrole e defesa através do kickboxing. A turma tem mulheres de diferentes idades, que também buscam o esporte para melhoria da qualidade de vida e de saúde. O Kickboxing reúne uma série de técnicas de outras artes marciais de combate em pé, utilizando-se socos e chutes. A atividade é aeróbia, de força, de agilidade e de flexibilidade.

Primeiras Olimpíadas do Polo de Cultura da Fronteira

Em 30 de novembro, o polo realizará, na praça Nagib Mussi, na Fronteira, as ‘Primeiras Olimpíadas do Polo de Cultura da Fronteira’, com a apresentação de todas as modalidades desenvolvidas no espaço. Um dos objetivos do evento é divulgar o trabalho realizado para a comunidade. São quase 20 modalidades gratuitas, entre atividades culturais e esportivas, que atendem a mais de 400 alunos de diferentes bairros de Macaé durante o contraturno escolar.

Também as modalidades artísticas e culturais, como os diversos estilos de dança e a Capoeira, estão se preparando para apresentar no final do ano o espetáculo “Uma história real em Conto de Fadas”. O evento, com figurino inédito, será realizado no Teatro Municipal de Macaé, na noite de 7 de dezembro.

O Polo de Cultura da Fronteira, que funciona das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira, está localizado na Rua Manoel Marques Monteiro, 724, Fronteira. Para a matrícula, é necessário apresentar Declaração Escolar, duas fotos 3X4, Certidão de Nascimento, RG e CPF do responsável e comprovante de residência.

Crédito: Divulgação

Mais lidas da semana