Mídias Sociais

Esporte

Flamengo divulga que todos os jogadores e funcionários testaram negativo para o covid-19

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Após o fim de semana de folga, os jogadores do Flamengo voltaram ao Ninho do Urubu na última segunda-feira (25) para participar de mais uma bateria de exames. O clube informou por meio de nota que todos os atletas e funcionários testaram negativo para o coronavírus, o que significa que todos que haviam sido contaminados nos exames anteriores foram curados.
"O Clube de Regatas do Flamengo informa que todos os atletas e colaboradores da comissão técnica testaram negativo no exame semanal de coronavírus, realizado nesta segunda-feira (25.05), no CT", dizia parte do comunicado.

Em outro trecho, a diretoria disse estar seguindo todos os protocolos médicos necessários para garantir a segurança de atletas e funcionários. "O Clube reforça que trabalha em acordo com o protocolo da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) para conceder a biossegurança necessária no Departamento de Futebol".

O Flamengo está entrando em sua segunda semana de atividades no centro de treinamento. Depois de 60 dias de quarentena, os atletas retornaram ao Ninho do Urubu na segunda-feira (18), onde foram submetidos a primeira bateria de exames. Desde então, os jogadores realizaram treinos com bola sob o comando do técnico Jorge Jesus.

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella falou sobre a expectativa pela volta dos treinamentos. Ele se reuniu com os clubes no fim de semana para discutir o assunto e afirmou que, a princípio, as atividades normais não estão liberadas, mas que isso deve mudar em junho.

"Não vamos relaxar as medidas de afastamento social. Naquela reunião que tivemos no sábado com o conselho científico, foi quase consenso que devemos esperar mais um período para o retorno. O futebol esperava voltar na segunda (25) os treinos, rachão. Pedimos para junho e foi aceito. Pode ser que alguém com o drone verifique o jogador correndo com a bola. É fisioterapia com bola, está autorizada. Pedimos também que os jogos voltassem em julho, sem torcida. Eles pediram para verificar a curva em meados de junho. Há expectativa de nossos especialistas que estejamos quase em zero", explicou Crivella.

Foto: Alexandre Vidal

Mais lidas da semana