Mídias Sociais

Política

Com eleição tumultuada, Câmara de Campos define novo presidente para o biênio 2023-2024

Publicado

em

 

Com confusão no final e a sessão encerrada mais cedo, o vereador Marquinho Bacellar (SOLIDARIEDADE) foi eleito novo presidente da Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes, nesta terça-feira, 15, por diferença mínima de votos.

Por 13 a 12, Marquinho Bacellar, que será presidente da Casa durante o biênio 2023-2024, derrotou o atual presidente, vereador Fábio Ribeiro (PSD), que contava com um manifesto favorável à sua reeleição, assinado pela maioria dos parlamentares.

A derrota do governista demonstra a força dos grupos políticos de oposição ao prefeito Wladimir Garotinho (PSD), representados pelo secretário estadual de Governo, Rodrigo Bacellar (PL), e pelo secretário de Ciência e Tecnologia de Niterói, Caio Vianna (PDT).

Segundo a Câmara de Campos, a sessão foi tumultuada, com a invasão do plenário e troca de empurrões entre militantes governistas e de oposição, com a suspensão dos trabalhos e a interrupção da transmissão pela TV Câmara.

A vitória de Marquinho Bacellar reforçaria a união dos grupos de Rodrigo Bacellar e Caio Vianna, que sinalizam que podem continuar juntos numa possível disputa pela prefeitura, em 2024, ou até mesmo para candidaturas para a Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) ou para a Câmara Federal, nas eleições gerais de outubro deste ano.

A posse do novo presidente da Câmara deve acontecer dentro do calendário normal, em janeiro de 2023, quando Marquinho Bacellar seguirá os passos de seu pai, o ex-vereador Marco Bacellar, que presidiu o Legislativo campista no biênio 2007-2008.

Mais lidas da semana