Mídias Sociais

Política

TSE lança campanha em rádio, TV e redes sociais para divulgar atendimento online visando as eleições de 2020

Avatar

Publicado

em

 

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou, nesta terça-feira, 28, o vídeo inicial de uma campanha para divulgação dos novos serviços remotos da Justiça Eleitoral, que assim como outros órgãos federais, estaduais e municipais, está com o atendimento presencial suspenso devido à pandemia do novo coronavírus.

Entre as preocupações do TSE está a proximidade com o dia 6 de maio, quando se encerra o prazo para que os eleitores possam regularizar sua situação com a Justiça Eleitoral para estarem aptos a votar nas eleições municipais de outubro desse ano.

“Em razão da pandemia provocada pelo novo coronavírus, os serviços eleitorais presenciais foram suspensos. Mas a Justiça Eleitoral não parou”, ressalta o TSE reafirmando a importância do eleitor não esquecer a “democracia” em face dos “desafios” de 2020.

De acordo com o órgão máximo da Justiça Eleitora, o material produzido, que pode ser visto no site do TSE ou no canal do Tribunal no Youtube, também será veiculado nacionalmente em emissoras de rádio e de televisão, assim como nas redes sociais.

Responsável pelo conteúdo da campanha, a Assessoria de Comunicação (Ascom) do Tribunal desenvolveu também uma nova página no Portal da Justiça Eleitoral, através da opção “Atendimento”, dentro do menu “Eleições”, na chamada “home” do site.

A nova ferramenta de atendimento traz orientações sobre os procedimentos de atendimento remoto para solicitação dos serviços como, 1ª via do título, transferência de domicílio eleitoral, alteração de dados pessoais, de local de votação por justificada necessidade de facilitação de mobilidade, e revisão para a regularização de inscrição cancelada.

Além do passo a passo e da indicação dos documentos necessários, o site também contém link direcionando para as páginas de atendimento de cada um dos 27 Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) do país para que os eleitores possam efetuar o requerimento da 1ª via do título.

“Nessa página, o eleitor terá todas as informações de como proceder caso a caso. A pandemia impossibilitou que os serviços fossem realizados presencialmente. No entanto, tendo em vista a proximidade do prazo de fechamento do cadastro eleitoral, o TSE agiu para oferecer um atendimento remoto descomplicado, sempre com o objetivo de garantir a participação do eleitor no pleito e preservar a democracia”, detalhou a assessora-chefe da Ascom do TSE, Ana Cristina Rosa.

Apesar da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus, que poderia ter impactos diretos nas eleições municipais de 2020, relatórios recentes de um grupo de Trabalho criado pelo próprio TSE vêm garantindo que a Justiça Eleitoral tem sim capacidade de realizar o pleito marcado para o próximo dia 4 de outubro.

Assim, para ampliar a visibilidade da campanha, o TSE também firmou uma parceria com o Facebook para que a rede social disponibilize, na abertura da timeline, um megafone informando como está sendo feito o atendimento da Justiça Eleitoral neste período de isolamento social.

“A ideia é informar, ao máximo de pessoas, que a Justiça Eleitoral não parou por causa da Covid-19 (sigla para a expressão inglesa Coronavirus Disease 2019) e que continua atendendo remotamente, com foco na realização das eleições em outubro deste ano”, explicou a chefe do Núcleo de Campanhas, Redes Sociais e Gestão Web da Ascom do TSE, Neri Accioly.

O TSE lembra ainda que, em razão da pandemia do novo coronavírus, estão suspensos, temporariamente, o cancelamento de títulos de cerca de 2,5 milhões de eleitores que não compareceram ao cadastro biométrico obrigatório em 17 estados, entre eles o Rio de Janeiro, e que, por isso, esses eleitores estarão aptos a votar normalmente nas eleições municipais deste ano.

Mais lidas da semana