Mídias Sociais

Política

Trio que perdeu eleição para a Prefeitura de Macaé em 2016 pode estar se mobilizando para a disputa de 2020

Avatar

Publicado

em

 

Faltam pouco mais de 1 ano, mas as articulações e movimentações visando a disputa pelo Executivo municipal já começam a formar um cenário no mínimo curioso para as eleições de 2020 em Macaé.

Isso porque, segundo o jornalista Daniel Galvão, o deputado estadual e pré-candidato a prefeito, Chico Machado (PSD), já contaria o apoio de 2 de seus aliados nas eleições municipais de 2016, quando acabou derrotado pelo atual prefeito, Dr. Aluizio (sem partido), que venceu com muito mais do que o dobro dos votos de Chico, o 2º colocado no pleito.

Mas apesar do apoio do vereador e líder da oposição da Câmara de Macaé, Maxwell Vaz (SOLIDARIEDADE), e do ex-vereador de Macaé, Amaro Luiz (PSD), o nome que chama mais atenção entre os supostos apoiadores de Chico Machado é o do deputado federal Hugo Leal (PSD-RJ).

Curiosamente, o nome de Hugo Leal que vem fazendo muito sucesso nos elogios de outro vereador, Dr. Márcio Bittencourt (MDB), ex-líder governista na Casa e que é amigo e aliado de Dr. Aluizio, grande rival de Chico na eleição de 2016.

Chico Machado e Hugo Leal teriam se encontrado esta semana, quando foi anunciada a filiação de Amaro Luiz, que segundo o blog do jornalista, deve disputar novamente uma cadeira na Câmara Municipal de Macaé, na qual esteve como vereador entre 2013 e 2016.

“Estou aqui juntamente com 2 deputados, um estadual e um federal, ao qual eu apoiei o deputado federal Hugo Leal por vários motivos, pela pessoa ficha limpa, e hoje nos orgulha cada vez mais pela sua atuação lá no Congresso Nacional. E não poderia ser diferente. Um convite feito pelo PSD, um partido que eu apoiei, e um convite feito pelo meu deputado federal com apoio também do Chico Machado, não pude recusar esse convite de estar aqui fazendo parte do PSD para uma Macaé melhor”, falou Amaro Luiz em vídeo publicado na página do Facebook do deputado federal do PSD.

Apesar de o blog não garantir o apoio de Hugo Leal à candidatura de Chico Machado, é difícil supor que uma das mais proeminentes lideranças do PSD no Estado do Rio deixe de apoiar uma candidatura ao Executivo municipal dentro de seu próprio partido, o que pode estremecer a boa relação entre o deputado federal e o vereador do MDB.

A movimentação pode, inclusive, frear uma possível ida do Dr. Márcio Bittencourt ao PSD, lembrando que o vereador governista já se pronunciou diversas vezes sobre seu descontentamento com seu partido e sobre a vontade de aproveitar a janela partidária para procurar novos rumos.

O jornalista acrescenta ainda que Maxwell seria outra liderança política de Macaé que já teria embarcado no projeto de Chico para comandar a prefeitura, contrariando até mesmo algumas falas do líder da oposição na Câmara de que poderia ele mesmo ser candidato a prefeito em 2020.

Durante a corrida eleitoral de 2016, Amaro Luiz era candidato a vice-prefeito na chapa do também vereador na ocasião, Igor Sardinha (PT), então no PRB, e que hoje está à frente da toda poderosa Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Comércio, Indústria, Petróleo e Portos de Maricá, mas abandonou a campanha e resolveu, nos últimos dias antes do pleito, apoiar a candidatura de Chico, então apoiado pelo ex-prefeito Riverton Mussi (PDT).

No fim, Dr. Aluizio acabou vencendo as eleições com 58.78% dos votos, contra apenas 25,21% de Chico, 9,32% de Igor, 6,4% de Danilo Funke, e 0,28% de Pedro Vilas-Bôas, somando mais votos do que todos os seus concorrentes juntos, e sendo reeleito para seu 2º mandato, até 31 de dezembro de 2020.

Mais lidas do mês