Mídias Sociais

Política

Primeiras unidades do Cartão Cesta Básica já começaram a ser entregues para beneficiados do novo programa social de Macaé

Publicado

em

 

A Prefeitura de Macaé já começou a disponibilizar o Cartão Cesta Básica na última quinta-feira, 15, e deve seguir na próxima semana, beneficiando famílias em situação de vulnerabilidade social para tentar minimizar os impactos econômicos da pandemia do coronavírus.

Os cartões do programa criado pelo Executivo e aprovado pela Câmara estão sendo pagos em duas parcelas mensais de 130 reais cada, em abril e meio, para as famílias que precisam estar cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico), do governo federal, com renda familiar de até meio salário mínimo (R$ 550,00).

De acordo com a prefeitura, o atendimento no 1º dia de entrega dos cartões, quando foram beneficiadas 1.214 famílias, aconteceu sem qualquer tumulto e respeitando o distanciamento social estabelecido pelos protocolos sanitários para prevenção ao contágio do vírus.

Nesta quinta-feira, 15, o próprio prefeito, Welberth Rezende (CIDADANIA, de azul claro, na foto), acompanhou a entrega de alguns cartões pessoalmente, em visita a algumas escolas da cidade que estão servindo como ponto de entrega. A expectativa do município é de atender 9 mil famílias contempladas pelo programa do Cartão Cesta Básica.

A prefeitura lembra que os beneficiados no programa do Cartão Cesta Básica não podem acumular o pagamento do cartão com os pagamentos do Bolsa Alimentação, auxílio emergencial criado para atender aos alunos da rede pública municipal de educação cadastrados no programa.

Aqueles que quiserem confirmar se têm direito ou não a receber o benefício podem consultar através do telefone (22) 2763-6300 ou acessar o site da prefeitura, para serem informados sobre a situação, e, em caso de terem direito ao cartão, receberem as instruções sobre dia, horário e local para a retirada do cartão.

Para fazer a retirada do cartão é preciso estar atento aos horários agendados para evitar aglomerações, estar cadastrado como responsável familiar, e apresentar original e cópia do CPF e de um documento pessoal com foto, além de levar a própria caneta, respeitando a obrigatoriedade do uso de máscaras.

Mais lidas da semana