Mídias Sociais

Política

Prefeitura de Quissamã se reunirá com a Firjan em busca de parcerias para o desenvolvimento do município

Avatar

Publicado

em

 

 

Parceria pode gerar programas de qualificação profissional na cidade

 

 

Tunan Teixeira

 

Uma reunião entre a Prefeita de Quissamã, Fátima Pacheco (PTN), o vice, Marcelo Batista (PRB) e o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Arnaldo Mattoso, definiu um encontro com a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) para buscar parcerias em prol do desenvolvimento do município.

Agendado para este mês, o encontro, que acontecerá na capital fluminense e terá a presença do economista-chefe da Firjan, Guilherme Mercês, terá como pauta possibilidades de melhoria na economia do município.

“Essas parcerias são importantes para ampliar oportunidades no mercado de trabalho, e consequente crescimento econômico. A Prefeita Fátima tem se preocupado com os jovens e aqueles que quiserem ter uma nova profissão”, revelou Arnaldo Mattoso, que ressaltou ainda a importância das parcerias com entidades, como a Firjan, Sesi e Senai, para a captação de recursos visando investimentos.

Recentemente, Mercês havia se colocado à disposição dos municípios em palestra realizada em Campos dos Goytacazes, diante dos indicadores para buscar alternativas para driblar a crise econômica brasileira.

Na última semana, o gerente regional da Firjan no Norte e Noroeste Fluminense, Luiz Mário Concebida, esteve reunido com Prefeita Fátima Pecheco e o Secretário Arnaldo Mattoso, que contou ainda que pretende ampliar parcerias para permitir a geração de trabalho e renda, já iniciada com o Senai, e que vai contemplar o município até meados deste ano, com 21 cursos do Programa de Qualificação Profissional.

Segundo secretário, os cursos terão duração de 3 meses aproximadamente, e serão realizados em um dos galpões de 525 metros quadrados do antigo polo de confecções, no bairro Carmo.

Mattoso informou também que o polo será adaptado para receber duas salas de aula, sala de professores e um laboratório de informática, além de unidades móveis das entidades promotoras com equipamentos de ponta.

 

Foto: Phillipe Moacyr

Mais lidas da semana