Mídias Sociais

Política

Prefeitura de Macaé segue trabalhando com foco em uma nova licitação para o transporte público do município

Publicado

em

 

A Prefeitura de Macaé anunciou que segue trabalhando, através da Secretaria de Mobilidade Urbana e da Procuradoria Geral do Município, para debater o prosseguimento das ações administrativas legais para a nova licitação dos transportes públicos do município.

A reunião realizada na última semana teve como pauta a análise do andamento dos procedimentos, incluindo relatórios de infrações e acidentes cometidos pela concessionária responsável pelo serviço de transporte na cidade, a empresa Serviço Integrado de Transportes (SIT), alvo de muitas críticas no município.

Segundo a prefeitura, a última ocorrência registrada contra a SIT na cidade aconteceu na última segunda-feira, 21, em um acidente envolvendo um ônibus da linha S23 (Terminal Central x Bicuda), que liga a região central à região serrana da cidade.

A prefeitura explica que os encontros entre os representantes das duas pastas vêm acontecendo de forma periódica, visando os procedimentos cabíveis para a melhoria do serviço de transporte público em Macaé.

“A medida adotada pelo município é a antecipação da nova licitação, mesmo o atual contrato só vencendo em 2025. Além do prosseguimento das ações de cobrança e fiscalização junto à empresa de transporte. A Procuradoria Geral do Município também já entrou na justiça com notícias-crime em face da concessionária de transporte urbano coletivo. Já a Mobilidade Urbana notifica a empresa para adequar a periodicidade de realização da manutenção preventiva e corretiva dos veículos. A medida é por conta das inúmeras infrações cometidas pela empresa há algum tempo. Só em 2021, a secretaria aplicou 3.607 autuações à concessionária do transporte coletivo urbano. Diariamente, os fiscais de transportes fazem rondas nos terminais e vias da cidade, para identificar possíveis irregularidades no atendimento à população ou nos veículos”, argumentou a prefeitura.

A última reunião contou a presença do procurador geral do município, Fabiano Paschoal; do coordenador de Transportes da Secretaria de Mobilidade Urbana, Luiz Carlos Moreira; do chefe do gabinete da Procuradoria Geral, Érico Wanderlei Vianna Passos; do advogado da Procuradoria Geral, Wendell de Oliveira Veloso; do coordenador de Planejamento de Transportes, Vinícius Gonçalves; e dos advogados da Mobilidade Urbana, Luiz Antônio Rabello e Camila Soares.

Mais lidas da semana