Mídias Sociais

Política

Prefeitura de Carapebus trabalha para ampliar políticas voltadas para as mulheres da cidade e até da região

Publicado

em

 

Ampliando as políticas de atendimento às mulheres do município, a Prefeitura de Carapebus anunciou novos serviços que estão sendo prestado pela Unidade Básica de Saúde (UBS) do centro da cidade.

Entre os serviços estão a fisioterapia pélvica, tratamento para disfunção do assoalho pélvico, direcionada para as mulheres, que são encaminhadas para tratamento fisioterapêutico após passar por avaliação clínica.

“A disfunção pode acontecer após traumas na região através de acidentes, envelhecimento, complicações no parto, obesidade, condições genéticas, entre outras. Os músculos dessa área têm um importante papel no processo de movimentação do intestino e da bexiga. O tratamento consiste na reabilitação do assoalho pélvico que quando ocorre alteração na musculatura, o paciente pode ter perda de urina ao tossir, rir ou se movimentar, gases involuntários, prolapso (bexiga caída), dor durante a relação sexual, entre outros”, explicou a prefeitura.

De acordo com o secretário de Saúde, Leonardo Moço, as disfunções geralmente podem ser tratadas com sucesso minimizando a necessidade de cirurgias e tratando de forma conservadora com abordagem da fisioterapia e de forma terapêutica com medicamentos. “Com a orientação de um profissional qualificado e com pequenas mudanças de hábitos o paciente terá uma boa qualidade de vida”, observou o gestor.

O oferecimento desses serviços está sendo prestado na UBS do Centro às quintas e sextas-feiras, das 8h às 17h, no horário de funcionamento da unidade, sob os cuidados da fisioterapeuta Rudnéia da Silva Rozendo.

Ainda sobre políticas voltadas para a mulher, o município participou de uma reunião em Macaé na última semana, para debater a criação de um Centro Especializado de Apoio à Mulher (CEAM) e a implantação de um abrigo para mulheres vítimas de violência doméstica em Carapebus.

A reunião, realizada na Câmara Municipal de Macaé, contou com a presença da secretária de Assistência Social de Carapebus, Cíntia Barcelos (AVANTE), e a vereadora Tânia Cabral (PP), além da subsecretária estadual de Políticas para Mulheres, Glória Heloiza.

Durante o encontro, que contou com a presença de vereadoras de Norte e do Noroeste Fluminense, foram discutidas também diversas pautas de interesse coletivo, como a criação da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) em Macaé, que atenderia toda a região.

Da região, participaram as vereadoras de Macaé, Iza Vicente (REDE); de Quissamã, Alexandra Moreira (PSC); de Conceição de Macabu, Nathalia Braga (PSD); e de Porciúncula, Sabrina da Saúde (PSDB).

Mais lidas da semana