Mídias Sociais

Política

Prefeito de Macaé recebeu representantes do Governo do Estado e da CEDAE para discutir falta d’água na cidade

Avatar

Publicado

em

 

À esquerda, na cabeceira, Prefeito de Macaé, Dr. Aluízio (sem partido), recebe representantes do Governo do Estado do Rio e diretores da Companhia Estadual de Água e Esgoto do Rio (CEDAE)

Enquanto a Câmara faz a sua parte para tentar resolver os problemas das frequentes falta de água na cidade de Macaé, o Prefeito Dr. Aluízio (sem partido) se reuniu com representantes da Companhia Estadual de Água e Esgoto do Rio (CEDAE).

No encontro, que aconteceu na última terça-feira, 19, em seu gabinete, o prefeito cobrou da CEDAE o plano de investimentos da estatal e a garantia do abastecimento integral de água no município, que não vem acontecendo.

Além de representantes da empresa, a reunião contou ainda com representantes do governo estadual, que vieram à Macaé para discutir ações de melhorias no serviço, e ouviram Dr. Aluízio reafirmar que o consumidor não pode pagar por água que não usufrui, e reforçar que aguarda decisão da Justiça.

O prefeito se referiu à uma ação civil pública movida contra a empresa, por meio da Procuradoria Adjunta de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON), contra a precariedade dos serviços prestados pela CEDAE em Macaé.

A ação foi protocolada na 1ª Vara da Fazenda Pública e busca a suspensão imediata da cobrança da tarifa de água, até que a CEDAE se comprometa a executar, com urgência, manobras eficazes para restabelecer o serviço.

“O plano de investimentos precisa ser transparente e apresentar questões, por exemplo, de quanto custa o litro da água. A ação segue na Justiça e esperamos que sejam determinadas medidas necessárias”, justificou Dr. Aluízio.

Durante a reunião, o diretor de interior da CEDAE, Carlos Braz, afirmou que o abastecimento estava prejudicado devido a problemas nos equipamentos de captação que, segundo ele, já foram substituídos.

“A capacidade de água de 730 litros por segundo foi reduzida para 530. Os equipamentos novos já estão em operação. Vamos focar na captação para proporcionar uma segurança operacional”, explicou Carlos Braz.

O gerente regional da CEDAE, Fernando Arruda, acrescentou ainda que alinhou com a BRK Ambiental, concessionária do serviço pública do tratamento de água e esgoto em Macaé, a suspensão da cobrança integrada das tarifas de água e de esgoto nos pontos com problemas de abastecimento.

Além dos representantes da CEDAE, a reunião contou com a participação do subsecretário estadual de Cidades, Clebson Guiller, que representou a nova gestão do Governo do Estado do Rio.


 

Mais lidas do mês