Mídias Sociais

Política

Orçamento da saúde de Cabo Frio foi de mais 250 milhões em 2015

Avatar

Publicado

em

 

Quem depende do sistema de saúde de Cabo Frio sabe que a situação não é das melhores. Nem de longe a cidade exibe a fama e grana que há tempos atrás se gabava de ter. A realidade é que faltam médicos, medicamentos e ambulâncias. Os prédios públicos estão sucateados, o atendimento é deficitário, muitos pacientes encontram dificuldades para realização de exames e procedimentos de média e alta complexidade. A justificativa para o atual momento de crise é a falta de dinheiro. A queda na arrecadação dos royalties é a grande vilã da triste realidade que a cidade vive.

Mas não foi sempre assim. Se em 2016, a prefeitura alega que os cofres públicos estão vazios, em 2015 a situação foi bem diferente. A Prefeitura de Cabo Frio informou ao Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro (Siconfi) que em 2015 a despesa total da secretaria de Saúde foi de R$253.481.969,60 (duzentos e cinquenta e três milhões, quatrocentos e oitenta e um mil novecentos sessenta e nove reais e sessenta centavos).

No Demonstrativo da Lei de Responsabilidade Fiscal, a Prefeitura lançou R$86.264.020,64 (oitenta e seis milhões duzentos e sessenta e quatro mil vinte reais e sessenta centavos) como pagamento de folha salarial e encargos sociais, sendo que o valor está embutido nos R$142.289.274,60 (cento e quarenta e dois milhões duzentos e oitenta e nove mil setecentos e setenta e quatro reais e sessenta centavos) que, segundo o balancete, foi o total empregado na administração geral da secretaria de Saúde. Só com pagamento de servidores da Saúde a Prefeitura utilizou 34%.

A atenção básica, realizada nas Unidades Básicas de Saúde como primeiro nível de atenção em saúde, representou R$22.237.874,60 (vinte e dois milhões duzentos e trinta e sete mil oitocentos e setenta e quatro reais e sessenta centavos) o que equivale a 8,7% do orçamento da secretaria. Para a assistência hospitalar e ambulatorial foram destinados R$80.916.200,50 (oitenta milhões novecentos e dezesseis mil duzentos reais e cinquenta centavos) 31,9% do orçamento. Os gastos com a vigilância sanitária chegaram a R$3.882.469,20 (três milhões oitocentos e oitenta e dois milhões mil quatrocentos e sessenta e nove reais e vinte centavos).

Saúde de Cabo Frio equivale a dois anos de arrecadação de Arraial do Cabo

Os valores do orçamento da saúde em Cabo Frio podem não significar muita coisa se forem vistos soltos, mas para efeitos de comparação, pode-se dizer que a saúde de Cabo Frio em 2015 equivale a 2 anos de arrecadação bruta da cidade de Arraial do Cabo. A soma da arrecadação de 2014 e 2015 dos cabistas contabilizou R$258.890.760,10 (duzentos e cinquenta e oito milhões oitocentos e noventa mil setecentos e sessenta reais e dez centavos) de receitas.

Em 2014, o município vizinho contou com R$128.500.688,30, (cento e vinte e oito milhões quinhentos mil seiscentos e oitenta e oito reais e trinta centavos) e com R$130.390.071,80 (cento e trinta milhões trezentos e noventa mil setenta e um reais e oitenta centavos) em 2015. Em Arraial do Cabo foram destinados à área da Saúde em 2015 R$31.022.085,50 (trinta e um milhões vinte e dois mil oitenta e cinco reais e cinquenta centavos).

Mais lidas da semana