Mídias Sociais

Política

Evento no Centro Cultural do Legislativo lembra a importância da conscientização e prevenção ao câncer de mama

Avatar

Publicado

em

 

Nesta quarta-feira, 9, o Centro Cultural do Legislativo, que funciona no antigo prédio da Câmara, no centro da cidade, recebeu um evento para lembrar às pessoas, principalmente às mulheres, a importância da prevenção do câncer de mama e de colo de útero, tipo de câncer que mais mata mulheres no país.

Em homenagem à campanha Outubro Rosa, a programação gratuita contou com oficinas de massagem, maquiagem, alongamento, atração musical e uma roda de conversa com diversas profissionais que falaram sobre direitos, locais de assistência na cidade, alimentação, prevenção e tratamento da doença.

Com muita alegria e bom humor, o conjunto musical Amamedes, composto por mulheres ex-pacientes de câncer, animou o evento, que teve como ponto alto uma roda de conversa com orientações para o público presente.

Na abertura do evento, a ex-vice-prefeita e ex-vereadora, Marilena Garcia, que já enfrentou 2 cânceres de mama e 1 de pulmão, falou em nome da União Macaense de Combate ao Câncer de Mama (Unamama), uma das realizadoras do evento ao lado da Associação Comercial e Industrial de Macaé (ACIM), da Câmara Municipal, da Guarda Municipal e Conselho da Mulher.

“Não é fácil enfrentar o câncer. Mas quando o fazemos com união, fica mais fácil. O peso é menor. A Unamama une essas mulheres e oferece orientação e mamografia para quem não consegue fazer o exame na rede pública”, contou Marilena.

Também presente ao evento, a mastologista Karina Crespo enfatizou a importância da prevenção para diminuir a mortalidade do câncer e lembrou que, a partir dos 40 anos, as mulheres devem realizar exames preventivos anuais, ultrassom e mamografia.

“Quando fazemos o diagnóstico precoce, a chance de cura é de 95%”, lembrou Karina, que acrescentou que quem tem ou teve parente de 1º grau com câncer, deve começar aos 35 anos.

Também presente ao evento, a nutricionista Ana Carolina Almeida explicou que o câncer de mama também pode ser evitado com hábitos saudáveis, o que inclui uma alimentação balanceada e a prática regular de atividade física.

Para a nutricionista, é importante que as pacientes a ingestão de uma série de alimentos que ajudam a prevenir o câncer, pois são considerados anticancerígenos, como as frutas vermelhas, chá verde, pimenta caiena, cenoura, brócolis e a cúrcuma, por exemplo.

“A obesidade também é um fator de risco que precisa ser combatido”, somou Ana Carolina Almeida.

Coordenadora Geral de Políticas para Mulheres de Macaé, a advogada Jane Roriz ressaltou que o município tem estrutura para tratar os pacientes na própria cidade, além de contar com o Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam), que é conhecido pelo atendimento às vítimas de violência, mas também atende qualquer caso de desrespeito aos de direitos da mulher.

“Oferecemos orientações para as pacientes de câncer sobre seus direitos como o afastamento do trabalho, o saque do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), o direito a um acompanhante durante o tratamento, a isenção de alguns impostos e a reestruturação das duas mamas, entre outros”, destacou Jane Roriz.

O Ceam fica na Rua São João, 33, no Centro, e atende pelo telefone (22) 2796-1045 e de forma presencial, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Já a Unamama funciona em uma sala cedida pela Secretaria de Educação, na Rua Alfredo Backer, 363, também no Centro, com o atendimento feito de segunda a sexta-feira a partir das 13h.

Mais lidas da semana