Mídias Sociais

Política

Em visita à Câmara Municipal, presidente do CREA busca parcerias para o projeto Gabinete Itinerante

Avatar

Publicado

em

 

 

O Presidente do CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia ) do Rio de Janeiro, Reynaldo Barros, esteve na manhã dessa quinta-feira (16) nas dependências da Câmara Municipal de Macaé, com objetivo de intensificar as ações do Projeto  Gabinete Itinerante na cidade, além de buscar parcerias, junto aos órgãos políticos, para oferecer assistência técnica gratuita, colocando à disposição um engenheiro de família para assistir, por exemplo, à população de baixa renda em moradias. “O projeto está tramitando em Macaé. O CREA Itinerante visa contribuir com o desenvolvimento da região com ações de outras iniciativas também, como o projeto da autovistoria em prédios”, explicou o presidente do órgão que falou ainda sobre uma parceria com a Petrobras para fortalecer o conteúdo local.    “As empresas precisam utilizar os equipamentos, recursos que o País tem para oferecer no momento atual para fazer navios-sonda e outras atividades na exploração do petróleo. Todos os serviços que a estatal gerou ao longo desses anos criou uma estrutura empresarial industrial  muito grande que aumentou a geração de empregos para técnicos e engenheiros”, ressaltou.

Barros também comentou sobre a fiscalização de agentes do CREA junto aos empreendimentos no município. As fiscalizações, segundo ele, também fazem parte do projeto itinerante.  “A sede regional do CREA, em Macaé, conta com agentes fiscalizando obras na construção civil. É uma forma do órgão contribuir com o aumento na geração de emprego entre profissionais do ramo da engenharia e trabalhadores”.

Segundo o Coordenador da Regional Leste CREA Macaé, Octavio José Caetano da Silva Júnior, as fiscalizações em obras na cidade são rotineiras e são concentradas no projeto itinerante. “Contamos, atualmente, com 15 agentes de fiscalização na região, desde  Cabiúnas até a divisa com Rio das Ostras, além de oferecermos toda assistência necessária a empresas que prestam serviços de engenharia”.

Durante a visita, o presidente do Crea entregou uma cópia  do projeto de Autovistoria a Eduardo Cardoso, atualmente em fase de análise pela prefeitura. A iniciativa visa aumentar a segurança e fiscalização dos imóveis residenciais e comerciais do município.

“No estado, há 148 mil engenheiros e 28 mil empresas cadastradas no Crea-RJ. A autovistoria feita por profissionais habilitados e capacitados tecnicamente trará enormes benefícios para a cidade, desde a segurança até o social”, declarou Reynaldo.

No encontro com vereadores, ficou decidida a  criação de uma frente parlamentar para estudos de projetos ligados à engenharia e à agronomia.

Daniela Bairros

Crédito: Igor Faria

 

 

 

Mais lidas da semana