Mídias Sociais

Política

Câmara Municipal de Macaé comemora funcionamento do Centro Cultural do Legislativo com sucesso

Avatar

Publicado

em

 

Inaugurado em agosto desse ano, o Centro Cultural do Legislativo, que abriga o Museu e a Escola do Legislativo, além de uma biblioteca, já é considerado, pela Câmara Municipal de Macaé, uma referência na cidade e na região.

Para comemorar os números e apresentar as primeiras atividades de 2020, o Centro Cultural, que funciona no prédio da antiga sede da Câmara, no centro da cidade, ganhou decoração de uma bela iluminação natalina, feita com projeções em 3D (Mapping) que utilizam a arquitetura do prédio como cenário das animações.

De acordo com o Legislativo, a histórica construção será iluminada até o dia 6 de janeiro, começando sempre aos finais de tarde, e terão ainda apresentações de músicas temáticas e de artistas locais, dando vida nova àquela região da cidade.

Para o presidente da Câmara, Dr. Eduardo Cardoso (CIDADANIA), a iniciativa também é uma forma fomentar o turismo, beneficiando diretamente o comércio do Calçadão da Avenida Rui Barbosa, e das ruas do entorno do centro da cidade.

“Transformar a antiga sede [da Câmara] em um polo de cultura era um dos nossos grandes objetivos. Estamos resgatando uma rica história e espero que 2020 chegue com grandes alegrias, pois a cidade merece”, celebrou Dr. Eduardo.

Na última quinta-feira, 26, o Legislativo promoveu apresentações do Grupo Camerata de Violinos e do Coral Madrigal, ambos da 3ª Igreja Batista de Macaé, com músicos que fazem parte de um projeto social desenvolvido pela instituição e que atende 40 crianças e adultos.

Ainda segundo a Casa, em 4 meses, o Centro Cultural do Legislativo recebeu diversos grupos de escolas públicas e privadas, totalizando cerca de 900 alunos que conheceram parte da história política do município na exposição fixa do Museu.

Já na Escola do Legislativo, foram 423 alunos certificados em 25 cursos, englobando parcerias com diversas instituições, como a Escola do Senado Federal (Interlegis), a Escola de Contas e Gestão do Tribunal de Contas do Estado do Rio (TCE-RJ), a Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj), e a própria prefeitura.

Diretora do Centro Cultural, Maria Ângela Magalhães Viana comentou que as expectativas para o ano que vem são ainda maiores, com a busca pela ampliação dos serviços e de novas parcerias, fomentando a cultura e o conhecimento do município, de forma gratuita.

O espaço está aberto ao público de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e funciona na Avenida Rui Barbosa, 197, no Centro, e oferece telefones de contato para dúvidas ou agendamentos de visitas guiadas através dos números (22) 2772-4268 e 2772-4885.

Mais lidas da semana