Mídias Sociais

Política

Câmara de Macaé retoma sessões ordinárias nesta quarta-feira, 2 fevereiro, sem presença de público

Publicado

em

 

A Câmara Municipal de Macaé anunciou a retomada das sessões ordinárias em 2022 nesta quarta-feira, 2 fevereiro, após o período de recesso de final de ano, sempre a partir das 10h, na sala de sessões da nova sede do Legislativo, no Palácio Natalio Salvador Antunes, na Virgem Santa.

De acordo com a Casa, neste primeiro momento, em razão da nova alta de casos confirmados do coronavírus que a cidade vem enfrentando desde a virada do ano, as sessões serão realizadas de maneira híbrida, ou seja, com vereadores participando de maneira presencial e também virtual.

As sessões da Câmara de Macaé, assim como as audiências públicas e sessões extraordinárias, acontece com transmissão pela TV Câmara, no próprio site do Legislativo, e do canal da Casa no YouTube, onde as sessões ficam armazenadas e podem ser conferidas, mesmo após o fim dos encontros.

“Estamos diante de grandes desafios. É preciso muito trabalho para consolidar a retomada econômica, com geração de emprego e oportunidades a todos os macaenses. O Legislativo está empenhado neste sentido”, falou o presidente da Casa, o vereador Cesinha (PROS), que considera 2022 um ano decisivo.

Em sua conta no Twitter, Cesinha também contou, na noite desta segunda-feira, 31 de janeiro, que participou de uma reunião com a presença do prefeito, Welberth Rezende (CIDADANIA), além de servidores do Legislativo e do Executivo.

“Uma tarde muito produtiva ao lado do prefeito Welberth Rezende e de servidores do Legislativo e do Executivo. Juntos, analisamos propostas para que Macaé seja mais inclusiva, ou seja, com políticas concretas para melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência (PcD)”, escreveu o vereador.

Segundo ele, as demandas de famílias de pessoas com Transtorno de Espectro Autista (TEA), outra pauta antiga do vereador, também foram debatidas, além de outros projetos que devem ser discutidos pelos parlamentares com o retorno das sessões.

“Também entreguei um ofício com reivindicações das famílias de pessoas com Transtorno de Espectro Autista (TEA). Com a retomada das sessões nesta semana, protocolarei uma série de projetos, indicações e requerimentos para avançarmos”, concluiu Cesinha.

A Câmara de Macaé reforça que, devido ao crescimento de casos da variante Ômicron do coronavírus, o acesso presencial voltará a ser vedado ao público, que só poderão acompanhar as sessões pela internet, lembrando que as outras atividades da Casa já estão restritas desde o último dia 13 de janeiro.

“As sessões, audiências e outros eventos de interesse público seguirão sendo transmitidos pelo YouTube. As matérias em tramitação na Câmara podem ser acessadas pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL)”, concluiu a Casa.

Mais lidas da semana