Mídias Sociais

Política

Câmara de Campos anuncia que vai questionar contrato da prefeitura com a Caixa Econômica Federal

Publicado

em

 

Líder da bancada governista e presidente da Câmara optaram por discursos diferentes para criticar contrato firmado entre a ex-prefeita e o banco

 

Foto: Divulgação

 

Tunan Teixeira

 

Na última semana, a Câmara Municipal de Campos anunciou que vai questionar o contrato entre a prefeitura e a Caixa Econômica Federal. A discussão foi levantada pelo líder do governo na Casa, Fred Machado (PPS), e pelo presidente da Câmara, Marcão Gomes (REDE).

Os vereadores levantaram suspeitas sobre os termos pactuados entre a gestão da ex-prefeita Rosinha Garotinho (PR), em operação de crédito, oferecendo mais de 10% dos royalties para pagamento da dívida com o banco.

O problema, segundo o presidente da Câmara, é que o projeto aprovado pelo Legislativo estipulava apenas 10% da arrecadação dos royalties para esta finalidade, e qualquer outro valor não aprovado no Legislativo, seria ilegal.

“Já solicitei ao nosso procurador que entre nesta ação contra a Caixa Econômica Federal, pois o que foi aprovado nesta Casa de Leis foi um empréstimo com um limite de comprometimento de, no máximo, 10% das receitas dos royalties para seu pagamento. Se a prefeitura na gestão passada e a Caixa Econômica pactuaram algo diferente do que foi aprovado nesta casa de leis, eles o fizeram ao arrepio da lei”, disparou Marcão Gomes.

Outro que discursou sobre o tema foi o líder da bancada governista, Fred Machado, que citou as dificuldades financeiras encontradas pela atual gestão, que provocou o fim de diversos programas sociais, entre eles a passagem a 1 real, cujo aumento para 2 reais foi proposto pela prefeitura e aprovado na Câmara.

“Todos sabem que foi suspensa a liminar que garantia a Campos pagar somente 10% do arrecadado com royalties e participação especial para quitar a dívida herdada da gestão Rosinha Garotinho pela venda do futuro. Nós vamos ter que fazer de tudo para que isso seja revertido, pois nossa cidade ficará em uma situação insustentável se isso acontecer. Então neste momento nós precisamos de união, união em prol da população de Campos. Eu quero solicitar isso a todos os nossos vereadores, pois fomos eleitos para lutar por Campos, mesmo tendo ideologias políticas, devemos ficar de um mesmo lado, que é o ao lado da nossa população”, disse Fred.

Mais lidas da semana