Mídias Sociais

Política

Aumento nas contas de água e esgoto de Campos gera reclamação de grupo de vereadores

Publicado

em

 

Grupo da Câmara Municipal de Campos tenta convencer a presidência da Casa a suspender o decreto do Prefeito Rafael Diniz (PPS) que autoriza reajuste de 10,6% na conta de água e esgoto

Um grupo da Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes decidiu contrariar um decreto do Prefeito Rafael Diniz (PPS), que reajusta a tarifa de água e esgoto no município em 10,6%.

Em ofício endereçado ao Presidente da Casa, Fred Machado (PPS), o grupo, composto pelos vereadores, Eduardo Crespo (PR), Josiane Morumbi (PRP), Renatinho do Eldorado (PTC), Cabo Alonsimar (PTC) e Álvaro Oliveira (SD), pede revisão do decreto que reajusta tarifa, considerada abusiva.

No ofício, os parlamentares destacaram que apesar do decreto ser um ato do prefeito, o Legislativo tem poderes para suspender a medida, assinada pelo prefeito em 28 de dezembro de 2018 e que permite à concessionária do serviço público de tratamento de água e esgoto no município, a empresas Águas do Paraíba, a praticar o aumento.

Com o reajuste, a população está pagando R$ 4,18 a mais de conta mínimo, que saltou de R$ 39,45 no ano passado a R$ 43,63 desde o início desse ano.


 

Mais lidas do mês