Mídias Sociais

Política

Alerj lamenta falecimento de deputado estadual de Campos dos Goytacazes, vítima do coronavírus

Avatar

Publicado

em

 

Faleceu nesta terça-feira, 19, vítima do coronavírus, o deputado estadual de Campos dos Goytacazes, Gil Vianna (PSL), que estava internado havia 8 dias em um hospital particular da cidade do Norte Fluminense.

A notícia foi confirmada pelo site da Alerj através de um comunicado publicado na madrugada desta quarta -feira, 20, em que o Legislativo estadual lamentou a morte do parlamentar de apenas 54 anos.

No comunicado, o presidente da Alerj, deputado estadual André Ceciliano (PT), se solidarizou com a família do colega de plenária, assim como de todas as vítimas do coronavírus no Estado do Rio, que já passam de 3 mil mortes em todo território fluminense, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde.

“Infelizmente, perdemos nosso Gil Vianna. Um ótimo sujeito, simples, um amigo nosso, apenas 54 anos. É uma grande tristeza”, disse André Ceciliano, conforme o comunicado da Alerj.

Ainda segundo o Legislativo estadual, o deputado de Campos estava internado com quadro descrito como estável, mas apresentou piora no início da noite desta terça-feira, e precisou ser entubado, vindo a falecer após sofrer uma parada cardíaca, às 22h45.

Em seu 1º mandato como deputado estadual, Gil Vianna foi eleito em 2018, com 28.636 votos, depois de ser policial militar e ter iniciado sua carreira política 10 anos antes, em 2008, como vereador em Campos.

Devido ao falecimento do deputado campista, o presidente da Alerj anunciou o luto com a suspensão das atividades da Cara por 3 dias, e demonstrou seu pesar à família do parlamentar do PSL vítima do coronavírus.

“Meus amigos, infelizmente, perdemos o Gil Vianna, nosso companheiro. É com muita tristeza que recebi a notícia de seu falecimento, em decorrência dessa doença perversa que é o novo coronavírus. No dia 6 de maio, ele nos relatou que estava sentindo os sintomas da covid-19 (sigla para expressão, em inglês, Coronavirus Disease 2019), logo em seguida fez uma tomografia e estava bem, sem apresentar problemas. No dia seguinte (7), fez o exame e testou positivo para a doença. Na segunda-feira, dia 11, ele foi internado num hospital em Campos, seu quadro vinha se mantendo estável. Quatro dias depois, entrou no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) até que, na noite desta terça-feira, ele não resistiu. Toda minha solidariedade à família do Gil e de todas as vítimas da covid-19, neste momento de profunda dor e tristeza. Faremos uma homenagem a ele na abertura da sessão virtual, nesta quarta-feira (20), e depois vamos paralisar as atividades em luto oficial de 3 dias”, finalizou André Ceciliano.

Colega de plenária de Gil Vianna na Alerj, o deputado estadual de macaé, Welberth Rezende (CIDADANIA), também demonstrou solidariedade e pesar pelo falecimento do deputado campista, através de sua página no Facebook.

“Hoje o dia amanheceu triste pela notícia do falecimento do meu companheiro na Alerj, o deputado estadual Gil Vianna, de Campos de Goytacazes. Ele partiu, mas nos deixou um legado de trabalho, humildade e amizade. Agora nos resta a saudade desse grande homem. Que Deus console o coração da sua família”, escreveu o ex-vereador de Macaé.

Mais lidas da semana