Mídias Sociais

Destaque

Quinze pessoas são presas e um adolescente é apreendido durante operações de combate ao tráfico em Casimiro de Abreu

Publicado

em

 

As ações foram deflagradas pelo Polícia Civil e pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), na manhã desta quinta-feira (28).

Quinze pessoas foram presas e um menor de idade foi apreendido durante duas operações que estão sendo realizadas em Casimiro de Abreu, no interior do Rio, contra o tráfico de drogas. As ações foram deflagradas pelo Polícia Civil e pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), na manhã desta quinta-feira (28).

Segundo o MPRJ, a operação ‘Independente II’ tem como objetivo cumprir mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão contra 15 integrantes de associação criminosa, ligados à uma facção. Já a operação ‘Vale do Indaiaçu’ visa ao cumprimento de 32 mandados de prisão contra membros de quadrilha de traficantes de drogas ligada a uma facção rival. Nesta ação também foram expedidos mandados de busca e apreensão nas residências de denunciados e também nos presídios onde alguns se encontram acautelados.

Ainda de acordo com o Ministério Público, entre março de 2016 e setembro de 2018, os denunciados praticaram outros crimes, incluindo homicídios. O responsável por financiar os gastos necessários de toda a quadrilha foi preso em 2015, e de acordo com o Ministério Público, mesmo dentro de uma unidade prisional, ele repassava as ações aos demais associados no tráfico e recebia o produto oriundo da venda de entorpecentes. Nas duas operações também foram apreendidos materiais entorpecentes.

Os crimes de tráfico de entorpecentes e associação para o tráfico (artigos 33 e 35 da Lei 11.343/06) preveem penas de reclusão de 5 a 15 anos e de 3 a 10 anos, respectivamente, além do pagamento de multa. Já aquele que colabora com o tráfico responde pelo delito do art. 37, que prevê pena de reclusão de dois a seis anos e pagamento de multa.

Mais lidas da semana