Mídias Sociais

Polícia

Polícia Civil prende homem que atropelou e matou 4 pessoas em Araruama

Avatar

Publicado

em

 

Carlos Victor do Nascimento foi detido na manhã desta terça-feira (5). Ele já havia sido condenado em 2012 por homicídio culposo ao dirigir alcoolizado.

 

Bertha Muniz

 

A Polícia Civil prendeu nesta terça-feira (5), Carlos Victor do Nascimento, acusado de atropelar e matar quatro pessoas no último domingo (3), em Araruama, na Região dos Lagos. Após o acidente, ele abandonou o carro e fugiu, sem prestar socorro.  Segundo a polícia, o suspeito esteve em um evento com bebida alcoólica liberada em uma boate de Saquarema, município vizinho a Araruama, na madrugada do acidente.

Carlos Victor foi preso pela manhã por agentes da 118ª DP (Araruama), coordenados pelos delegados Janaina Peregrino e Leonardo Affonso, após o Poder Judiciário acatar a tese do Ministério Público de dolo eventual e decretar a prisão temporária do suspeito.

Ele já havia sido condenado em 2012 por homicídio culposo ao dirigir alcoolizado e provocar a morte de três pessoas. Segundo o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, o crime aconteceu 2008 também em Araruama. A pena de três anos de detenção foi revertida em dois anos e meio de prestação de serviços à comunidade, além do pagamento no valor de 200 salários mínimos (na época) para a família de cada vítima.

 

O acidente

 

Na manhã de domingo (3), um Vectra vinho capotou no km 80 da Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), em Araruama, e caiu em uma ribanceira. Moradores da região saíram das casas na tentativa de socorrer os feridos do automóvel, mas acabaram sendo atingidos por Carlos Vitor Nascimento Fernandes, que dirigia um Toyota Corolla, que seguia na RJ-106 no sentido Araruama e também saiu da estrada, atingindo os moradores.

As vítimas morreram no local e foram identificadas como Elenilda Moura de Lira, 19 anos; Elizângela Moura de Lira, 12 anos; Renata Perez Dias Almeida, 32 anos e Vinícius Rodrigues, 29 anos. Elas foram enterradas na última segunda-feira (4), no Cemitério de Araruama.

A sucessão de dois acidentes deixou outras seis pessoas feridas. Quatro delas foram atendidas e liberadas na UPA de Araruama. Outras duas foram transferidas de helicóptero para o Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio.

Mais lidas da semana