Mídias Sociais

Destaque

PM's de Macaé são presos por extorsão mediante sequestro

Publicado

em

 

Quatro policiais militares lotados no 32º Batalhão de Macaé foram presos, na manhã desta quarta-feira (2). Eles foram indiciados pela prática do crime de extorsão mediante sequestro, ocorrido no ano passado, na cidade de Rio das Ostras.

Os agentes militares eram considerados foragidos e se apresentaram no quartel do 32º BPM de Macaé. Um quinto militar, que na época do crime, pertencia ao Grupamento de Ações Táticas (GAT), também foi preso, nesta segunda-feira (31), após se entregar na sede do 35º BPM, em Itaboraí, na região Metropolitana do Rio.

Contra eles, a Justiça expediu mandados de prisão preventiva pelo crime de extorsão e sequestro.

De acordo com o juiz titular da Auditoria de Justiça Militar, a prisão dos policiais é necessária para que não haja obstrução de provas para elucidar os fatos.

Ainda na decisão, pelas informações constantes dos autos, há indícios que configuram a periculosidade dos policiais, ao alegarem que levariam a vítima para a delegacia, quando supostamente a sequestraram.

Outras informações preliminares dão conta que, a vítima foi levada para um local e os policiais realizaram ameaças e praticaram diversos atos de violência física. Além de negociarem a vida da vítima com traficantes de drogas, em troca o pagamento da quantia de R$ 20 mil.

Os policiais presos foram conduzidos para a 6ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM) de Campos dos Goytacazes, onde o caso foi registrado e será investigado.

Em seguida, eles serão conduzidos para o Batalhão Prisional Especial (BEP), localizado no Fonseca, em Niterói, onde já está custodiado o primeiro policial preso.

Mais lidas da semana