Mídias Sociais

Destaque

Condenado por assassinato do menino João Hélio é preso com integrantes de organização criminosa em Cabo Frio

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Ezequiel Toledo da Silva, de 28 anos foi preso com outros três homens após furtar objetos de um sítio na localidade de Araçá, na zona rural.

Quatro homens foram presos na manhã desta quinta-feira (9), suspeitos de furtarem objetos em um sítio localizado no bairro Araçá, na zona rural de Cabo Frio, na Região dos Lagos. Segundo a Polícia Militar (PM), agentes foram informados que homens haviam praticado o furto e um dos aparelhos celulares subtraídos acusava a sua localização na Rua das Capivaras, em Unamar, bairro do distrito de Tamoios, em Cabo Frio.

Militares foram até o bairro e avistaram dois homens dentro de um carro em atitude considerada suspeita. Ao abordarem a dupla, os policiais encontraram  uma espingarda, duas televisões, dois aparelhos celulares, além de duas bolsas com joias e dinheiro.

Os suspeitos confessaram aos policiais que haviam cometido um furto ao sítio com a participação de outros dois homens. A PM localizou os outros dois criminosos no mesmo bairro e encontrou, além de armas, outros itens roubados na residência.

Os envolvidos foram levados para Central de Flagrantes da 127ª Delegacia Policial de Armação dos Búzios (127ª DP), onde foram porte de arma compartilhado e receptação além do inquérito instaurado por furto.

Um dos presos é envolvido com o assassinato do menino João Hélio

Um dos presos é Ezequiel Toledo da Silva, de 28 anos, que possui 15 anotações criminais e tem envolvimento na morte do menino João Hélio em 2007, que foi arrastado por sete quilômetros no subúrbio do Rio durante um assalto. Depois de cumprir três anos de medida socioeducativa, ele, que era o único menor suspeito do crime, foi liberado, pouco depois de completar a maioridade.

Em 2010, o juiz  Marcius da Costa Ferreira, titular da Vara de Infância e da Juventude, determinou em uma audiência  que Ezequiel, na época com 19 anos, condenado pelo assassinato do menino João Hélio, em 2007, cumprisse  medida de semiliberdade em um Centro de Recursos Integrados a Atendimento ao Adolescente (CRIAAD), um abrigo para infratores do estado. Ezequiel Toledo da Silva também já havia sido preso em um carro roubado com drogas e uma arma de fogo em 2015, no município de Iguaba Grande, também na Região dos Lagos.

Mais lidas do mês