Mídias Sociais


Destaque

Condenado a 54 anos de prisão por assassinato de vigilantes do ES em Cabo Frio são presos pela Polícia Civil

Publicado

em

 

Um homem, identificado como Pablo D.S.G., foi preso na manhã desta segunda-feira (18) no bairro Monte Alegre, em Cabo Frio. Ele é acusado de matar dois vigilantes do estado do Espírito Santo, no ano de 2019, em Cabo Frio, e foi condenado a 54 anos e dez meses de prisão.

De acordo com a Polícia Civil, contra o elemento havia três mandados de prisão em aberto, pelos crimes de tráfico de drogas, associação ao tráfico de drogas e latrocínio consumado, expedidos pela Comarca cabo-friense.

Na época do crime, as duas vítimas realizavam o serviço de viligância particular no bairro Guarani e adjacências, acompanhados de um terceiro vigilante, que sobreviveu. O caso gerou grande comoção e foi amplamente divulgado pela imprensa. Os três homens foram abordados por diversos traficantes armados, integrantes da facção criminosa Comando Vermelho (CV) e levados para a Favela do Lixo. Lá, eles foram mantidos em cárcere privado e sob totura, além de serem obrigados a cavar a própria cova.

Após a execução de um deles, o terceiro consegiuiu se desvencilhar do cárcere e fugiu da morte. Ele se escondeu em uma área de mata até ser resgatado. Os cadáveres dos capixabas foram ocultados pelos criminosos e, atén então, não foram localizados pela polícia, tendo paradeiro incerto e não sabido. Quatro pessoas foram condenadas pelo crime e Pablo foi o último a ser capturado. Ele foi encaminhado para a 126ª Delegacia de Polícia (126ª DP) e segue à disposição da Justiça.

Mais lidas da semana