Mídias Sociais

Geral

Greve dos bancários completa um mês e ainda espera negociação

Avatar

Publicado

em

 

Hoje dia 05, completa um mês a greve nacional dos bancários, com um bom nível de adesão (56%), segundo representantes da categoria.

De acordo com a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), até a segunda (3), 13.245 agências e 29 centros administrativos interromperam as suas atividades. Foi também o dia em que bancários fizeram assembleias pelo pais para avaliar o movimento. Mas não houve retomada das negociações, após a rejeição de proposta apresentada na semana passada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban).

A proposta previa um acordo de dois anos e esse ano seria pago um reajuste de 7% abaixo da inflação acumulada, mais abono de R$ 3,5 mil. Para 2017, haveria aumento real (acima da inflação) de 0,5%.

Em Macaé todas as agências aderiram ao movimento e somente para casos específicos como aposentados e pensionistas, que a agência pode atender.

Segundo o Sindicato dos Bancários de Macaé e Região (Seeb MR), a greve bancária ainda segue sem acordo e para que os usuários do sistema ainda continuem realizando transações e movimentando contas, a orientação é que todos os clientes ou somente que utiliza os bancos, utilizem os canais alternativos, como caixas eletrônicos, correspondentes bancários, telefone e internet. Por sua vez, o abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) também pode ser sacado em terminais de autoatendimento da Caixa e nas casas lotéricas.

 

Transações com cartões

Mesmo cobrando taxas exorbitantes no cartão de crédito, com juros de 475% ao ano, as transações bancárias, com o chamado dinheiro de plástico, sobem a cada dia. Entre 2012 e 2015, houve um crescimento de 40,7% neste tipo de operação. O valor das transações também subiu bastante, 50% no mesmo período, alcançando R$ 1, 06 bi em 2015, quando também houve crescimento de 6,6% no saldo das operações de crédito total.

O relatório anual da Febraban ainda revela que em 2015 o total de consumidores com relacionamentos ativos no sistema financeiro chegou a 143,6 milhões. Número 43,6% maior do que o registrado em 2012, com 127,6 milhões de consumidores.

O volume total das operações de crédito bancários em 2015 foi R$ 3,2 trilhões, crescimento de 35,4%, em relação à 2012.

 

Esio Bellido

Foto: Divulgação

 

 

 

 

 

 

 

Mais lidas da semana