Mídias Sociais

Esporte

X Force MMA se consolida como um dos principais eventos de MMA da região

Avatar

Publicado

em

 

Ganhando cada vez mais força e se consolidando como um dos principais eventos de MMA da região, o X Force MMA está se preparando para a sua quarta edição, que será realizada no próximo dia 17 de setembro, no Centro de Convenções, em Macaé. O evento terá como a luta principal a aguardada revanche entre Gabriel Oliveira e Max Alves, em combate que vale o cinturão da organização.

A terceira edição do evento, realizada em junho deste ano colocou o X Force MMA em um novo patamar. Com o sucesso e a grande procura por parte do público local, a marca ganhou força e está se expandindo. A prova disso é que na 4ª edição, vamos ter três lutas valendo o cinturão. Além do combate entre Gabriel Oliveira e Max Alves, teremos também Júnior Marques lutando contra Paulo Rambinho e Patrique Tavares contra Alberto Pantoja.

E a tendência é que tenhamos novidades nas próximas edições, é que conta o dono do X Force MMA, Luiz Henrique Xavier. “No dia 17 vamos ter três disputas de cinturão. Daqui a dois eventos nós pretendemos ter todas as categorias, com tudo organizado no sherdog (site onde fica registrado o cartel dos lutadores). Estamos trabalhando duro demais nisso, mas cada esforço está valendo a pena. O evento está crescendo a cada dia. Temos muitos atletas de alto nível e de academias importantes querendo lutar com a gente. E isso está nos trazendo muita credibilidade no cenário nacional do MMA”, contou Henrique.

A luta entre Max Alves e Gabriel de Oliveira certamente é uma das mais aguardadas do evento. Os dois se enfrentaram em junho deste ano em uma luta que chamou bastante a atenção dos macaenses, estando entre os assuntos mais comentados na cidade. No combate, o então desafiante Gabriel Oliveira conquistou uma vitória por decisão unânime dos juízes e faturou o cinturão dos penas da organização. Após perder o cinturão, Max Alves terá agora a chance de retomá-lo.

A luta entre Gabriel de Oliveira e Max Alves inclusive dividiu opiniões. Parte do público presente contestou a decisão dos jurados. A tendência agora é que ambos os lutadores busquem encerrar a luta antes do fim para não deixar nenhuma dúvida. “Nossa expectativa é superar o evento passado. Esperamos um grande combate, uma luta muito melhor do que foi a primeira. Os lutadores devem buscar o nocaute e a finalização para não deixar a decisão nas mãos dos juízes”, encerrou Henrique.

Sérgio Barcellos

Foto: divulgação X Force MMA

Mais lidas do mês