Mídias Sociais

Esporte

Técnico Roy elogia postura da equipe na derrota por 1 a 0 para o Flamengo

Publicado

em

 

Após duas rodadas, a Cabofriense segue sem saber o que é vitória na Taça Guanabara. Na estreia o time empatou com o Nova Iguaçu e no último domingo foi derrotado pelo Flamengo, por 1 a 0, no Estádio Luso-Brasileiro. O único gol da partida foi anotado na etapa inicial por Vinícius Júnior.

A derrota afastou a Cabofriense da briga pela classificação. A equipe hoje está na quarta posição do Grupo B com apenas um ponto ganho, ficando a frente apenas de Nova Iguaçu e Volta Redonda pelo saldo de gols. No último domingo, O Flamengo teve mais volume de jogo, enquanto que a Cabofriense tentava sair nos contragolpes para surpreender o adversário.

A Cabofriense chegou a criar chances para abrir o placar. Em uma delas, Davi Ceará desperdiçou ótima oportunidade dentro da grande área. A equipe acabou castigada na sequência. Após cruzamento de Rodinei, a bola sobrou limpa para Vinícius Júnior mandar para as redes. O Tricolor Praiano chegou a pressionar bastante nos minutos finais, mas o goleiro Rubro-Negro garantiu o resultado com boas intervenções.

A derrota não abalou o técnico Antônio Carlos Roy, que fez elogios aos seus comandados. “O Flamengo é uma das melhores equipes do Carioca. O que me deixa feliz é que jogamos de igual para igual com eles. Tivemos algumas oportunidades de empatar o jogo, mas faltou um pouquinho de tranquilidade na hora desse arremate. Fiquei feliz porque terminamos o jogo pressionando em cima. A equipe teve uma postura agressiva, não ficamos apenas nos defendendo. Acho isso importante”, explicou Roy.

A Cabofriense volta a campo nesta quarta-feira, dia 24, quando irá encarar o Vasco, em Bacaxá.

Sérgio Barcellos

Foto: Andreia Maciel 

Mais lidas da semana