Mídias Sociais

Esporte

Secretário de Esporte do Estado do Rio fala sobre volta do futebol na cidade

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

A volta do futebol em meio a pandemia do coronavírus voltou a ser discutida nesta semana. Dessa vez, quem falou oficialmente sobre o tema foi o secretário de Esporte, Lazer e Juventude do Estado do Rio de Janeiro, Felipe Bornier. Segundo ele, o governo está analisando os protocolos médicos para a retomada e uma decisão sobre o assunto deve sair até o fim de semana.

"Estamos analisando o protocolo e até o fim da semana vamos dar uma resposta. Mas tende a ser positiva. O governo está favorável desde que não tenha nenhum impacto na vida das pessoas. Nossa prioridade é o retorno. Se a gente consegue controlar a curva, o número de leitos e conseguir oferecer segurança a todos os envolvidos, nada impedirá o retorno", disse o secretário.

O tema volta a ser discutido em um momento onde o número de casos e de mortes no Rio de Janeiro vem crescendo. Somente na última terça-feira foram divulgadas 1.185 mortes por coronavírus no Brasil. Ao todo o país já conta com 34.497 vítimas. O boletim da última terça-feira no Rio informou 3.480 novos casos de contaminação, com 147 mortes nas 24 horas anteriores. De um dia para o outro, houve um aumento de 5% no total de casos confirmados e 2,1% de aumento no número de óbitos.

Como justificativa para a retomada, o governo explica que os clubes estão adotando protocolos médicos que são capazes de garantir a segurança de atletas e funcionários.

"Os clubes estabeleceram regras seguras, é um padrão internacional, o que dá segurança ao governo. A pauta do esporte sofreu muito por conta da pandemia, por causa da crise. Sabemos que é preciso elevar o esporte. Dentro do protocolo estabelecido pelo governo lá atrás, planejando as fases de reabertura, o esporte tinha o seu momento para retorno. Futebol e Rio de Janeiro é uma relação, né? A redução do percentual (de casos) acaba ajudando", explicou Bornier.

O prefeito Marcelo Crivella já havia afirmado anteriormente que uma nova reunião para debater o assunto seria realizada no meio de junho. Na ocasião, a comissão científica analisaria a curva da pandemia para definir a liberação de jogos na segunda quinzena do mês ou somente em julho, como previsto no plano inicial.

A Federação de Futebol do Estado do Rio (Ferj) está aguardando o aval do governo para marcar um novo arbitral e assim definir a nova data para a retomada do Campeonato Carioca.

Foto: divulgação

Mais lidas da semana