Mídias Sociais

Esporte

Desabato propõe novo acordo com o Vasco para encerrar processo contra o clube

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Vasco ganhou nesta semana a chance de dar fim a mais um processo judicial contra o clube. O volante Desabata propôs um acordo para encerrar o processo movido na Justiça contra o Cruz-Maltino. Na proposta, o argentina aceitou reduzir sua pedida inicial e receber R$ 875 mil divididos em três parcelas.

Em um primeiro momento, Desabato entrou na Justiça contra o Vasco cobrando R$ 971,5 mil. A ação foi publicada no dia 9 de janeiro deste ano. Nela, o jogador cobra dívidas por férias não pagas, FGTS não recolhido, salários atrasados e multas. Desde então, ambas as partes não chegaram um acordo para o andamento do processo.

Diante do impasse, o jogador recuou e aceitou reduzir cerca de R$ 96,5 mil da pedida inicial. Se o Vasco aceitar os novos termos, o processo contra o clube será retirado. Só que a diretoria do Vasco ainda não anexou a resposta à oferta na 37ª Vara do Trabalho do Rio.

A nova oferta de Desabato foi protocolada no dia 5 de maio, atendendo a um pedido da juíza Elisabeth Manhães Nascimento Borges, que questionou as partes sobre a intenção de firmar um acordo. A audiência conciliatória, marcada para 18 de fevereiro, não ocorreu e nenhuma outra foi marcada por conta da pandemia no novo coronavírus.

Ações como a de Desabato não são novidades para o clube. Em sérias dificuldades financeiras, o Vasco vem encontrando muitas dificuldades para manter suas contas em dias. As finanças do clube ficaram ainda mais comprometidas após a pandemia do coronavírus. Diante dessa realidade, o Cruz-Maltino estuda a possibilidade de negociar jogadores para fazer caixa e conseguir regularizar seus débitos.

Foto: Carlos Gregório Jr

Mais lidas da semana