Mídias Sociais

Esporte

Mauricio Souza não concordou com derrota no clássico e exaltou garotada do Fla

Publicado

em

 

O Flamengo conheceu a sua primeira derrota na temporada no último domingo, na derrota por 1 a 0 para o Fluminense. Embora tenha tido o controle da partida mesmo com a garotada, o Rubro-Negro não conseguiu traduzir o maior volume de jogo em gols e acabou penalizado no fim com o gol de Igor Julião.

Embora tenha deixado o campo chateado com o resultado, o técnico Mauricio Souza não considerou o resultado justo, principalmente por conta do que o seu time apresentou ao longo dos 90 minutos.

"Claro que não considero o resultado justo, mas a gente sabe que futebol não se vive de justiça. Falei isso para eles no intervalo. Acho que poderíamos ter feito gol no primeiro tempo, mas o nível de concentração tem que estar alto o tempo todo. Acabaram acertando belo chute e saíram com a vitória. Os números retratam o jogo que a gente fez, mas o volume tem que ser traduzido em gol, que é o que define a partida", disse o treinador do Flamengo.

Mauricio ainda complementou: "Tivemos 24 finalizações, foram 11 chances de gol. Tivemos mais posse, empurramos o Fluminense para trás e poderíamos ter aberto o placar. O que faria, de repente, o Fluminense sair um pouco mais. Mas isso não aconteceu.

Mauricio falou também sobre Michael. O jogador foi um dos poucos do time principal que abriu mão das férias para jogar o início do Carioca. Só que contra o Fluminense, ele novamente não teve uma boa atuação.

"O Michael quer muito recuperar sua melhor forma, tem se dedicado demais nos treinamentos, muito alto-astral. Ele sabe que não vive a melhor fase dele. Temos um plano de aumentar a minutagem dele para readquirir a confiança. Ele não veio para o Flamengo à toa", encerrou Mauricio.

Foto: Alexandre Vidal

Mais lidas da semana