Mídias Sociais

Esporte

Marcelo Chamusca comenta estreia do Botafogo diante do Boavista

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Passando por um momento de reconstrução após a queda para a Série B, o Botafogo fez a sua estreia no Campeonato Carioca na última quarta. Sem força máxima e com o elenco ainda sendo montado, o Alvinegro ficou no empate sem gols com o Boavista, no Nilton Santos. O técnico Marcelo Chamusca encarou o resultado com naturalidade.

Para o treinador, o caminho do Botafogo ao longo da temporada será exatamente assim, com percalços e muita superação, o que é bastante comum quando o clube passa por uma grande reformulação como a de agora.

"Não se tem nenhum tempo para de fato a gente poder preparar e introduzir o modelo de jogo, uma ideia de jogo, e incorporar os atletas contratados. A intenção é que a gente possa pontuar em todos os setores e vai ter que fazer essa reformulação durante a competição. É a única opção que temos", disse Chamusca logo após a partida.

O treinador também sobre essa nova fase do Botafogo e demonstrou estar ciente do tamanho do desafio que tem em mãos.

"É um desafio para mim como treinador, para o clube, mas estamos muito bem alinhados. À medida em que os atletas forem se apresentando, vamos inserindo. Vamos pensando rodada a rodada. Não tem outro caminho, é trocar o pneu com o carro andando. Para mim não é choque de realidade. Quando procuramos minimizar talvez as questões táticas e de entrosamento, vamos mantendo o mesmo padrão, com formação parecida dos últimos dois jogos, para pouco a pouco ir introduzindo e buscar resultados para continuidade do trabalho", disse Chamusca.

Foto: Vitor Silva

Mais lidas da semana