Mídias Sociais

Esporte

Macaé Oilers vence o clássico contra o Nova Friburgo Yetis e mantém 100% de aproveitamento

Avatar

Publicado

em

 

O Macaé Oilers segue derrubando quem cruzar o seu caminho. E a vítima da vez foi o Nova Friburgo Yetis. As duas equipes se encontraram no último domingo, dia 28, no Estádio Márcio Branco, onde protagonizaram um clássico regional cercado de muita rivalidade. No fim, os macaenses levaram a melhor e venceram por 16 a 12.

Como esperado, Macaé e Nova Friburgo fizeram um jogo bastante pegado. Visando surpreender o adversário, os macaenses mudaram parte de sua estratégia nos treinos ao longo da semana. Com algumas jogadas ensaiadas de última hora, o Macaé Oilers de fato conseguiu surpreender o adversário. No entanto, a partida só foi decidida nos minutos finais.

“Como eu havia dito anteriormente, clássico é clássico. Foi um jogo truncado, pegado e difícil. Bastante estudado eu diria. O que eu posso destacar é a raça e o amor que cada jogador teve com a camisa que a gente veste. Isso foi determinante para a nossa vitória. Se dependesse apenas da técnica, dificilmente teríamos vencido”, analisou o presidente do Macaé Oilers, Nivaldo Valadão.

Além de uma bela atuação coletiva, o Macaé teve alguns destaques individuais na partida. Dentre eles podemos citar Patrick Ribeiro e Paul Amorim. Cada um anotou um touchdown a favor do Oilers. Daniel Antunes foi outro destaque, tendo anotado um field goal e um extra point no jogo.

Com o resultado, o Macaé Oilers chegou a sua terceira vitória em três jogos, mantendo os 100% de aproveitamento na Liga Fluminense de Futebol Americano, a Liffa. O time agora se concentra em seu próximo desafio, dia 18 de setembro, quando irá receber o Teresópolis Rockers, em Macaé.

“Agora já estamos pensando na nossa próxima partida, onde certamente vamos buscar mais uma vitória. O Teresópolis tem muita qualidade e também chega para o confronto invicto. Eles são o time B do Flamengo e isso por si só mostra a força do elenco”, finalizou Nivaldo Valadão.

Para o duelo diante do Teresópolis Rockers, o Macaé Oilers ainda precisa definir onde mandará a partida. A expectativa do clube é poder contar mais uma vez com o Moacyrzão, o que já aconteceu na partida de estreia com o Botafogo.

Sérgio Barcellos

Foto: Jana Aguiar

 

Mais lidas da semana