Mídias Sociais

Esporte

Macaé domina a Unifacisa em Campina Grande e garante classificação para a semifinal da Liga Ouro

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Macaé não é modinha, Macaé é tradição. Acostumado a disputar playoffs diante de grandes equipes (vide Minas, Mogi das Cruzes e Bauru), o Alvianil Praiano mostrou mais uma vez a sua força em mata-mata. É impressionante como essa equipe cresce em jogos decisivos e eliminatórios. E outra vez a história se repete. Em jogo eletrizante, o Macaé bateu a Unifacisa, por 88 a 67, em Campina Grande na noite desta sexta-feira, 25. Com o resultado, o time comandado pelo técnico Léo Costa despachou os paraibanos e agora irá encarar o Corinthians na semifinal da Liga Ouro. O sonho de conquistar uma vaga no NBB segue vivo.

Com a vitória, o Macaé fechou a série melhor de três com um 2 a 1. O Alvianil Praiano entrou no playoff com um histórico negativo diante do adversário após ter perdidos os dois jogos que disputou contra a Unifacisa na fase de classificação. Mas em se tratando de partidas eliminatórias, é bom não subestimar a equipe macaense. O time muitas vezes tira forças de onde se menos espera e sempre surpreende.

O Unifacisa vinha com moral após a vitória no mesmo ginásio diante do Macaé na última quarta-feira. Na ocasião, os paraibanos tiveram uma atuação dominante. Só que isso não se repetiu no jogo três da série. Com uma marcação forte, o Macaé surpreendeu logo de cara ao vencer o primeiro período por 25 a 19.

No segundo período, o Macaé atropelou. Com uma atuação dominante, liderada por Thornton, Matheus e Mamedes, o Alvianil Praiano conseguiu incríveis 21 a 13, mostrando para os donos da casa que eles teriam muito trabalho para conquistar a vitória, que acabou não vindo. O Unifacisa chegou a reagir no terceiro quarto, com um 20 a 19, mas no último e decisivo período, os macaenses fizeram 23 a 15 e acabaram de vez com qualquer esperança do adversário.

O cestinha da partida foi Thornton, com 23 pontos. Matheus anotou 16 e também teve atuação de destaque, assim como Rafael, com 15 tentos.

Foto: Daniel Nery

Mais lidas do mês