Mídias Sociais

Esporte

Luxemburgo comenta estreia no Vasco e já projeta clássico contra o Botafogo

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O técnico Vanderlei Luxemburgo fez a sua estreia a frente do Vasco no empate sem gols diante do Atlético-GO. Mesmo sem vencer, o treinador destacou a postura dos jogadores e chamou o time de aguerrido. Luxa também garantiu que o time irá honrar a camisa do clube e que caso isso não aconteça os jogadores serão cobrados.

"Vocês viram o Vasco como tem de ser. O jogador tem de entender o que significa jogar no Vasco. Falei que hoje era a oportunidade de subir na tabela. Vamos recuperar com calma. O importante é o sentimento: o torcedor pode enaltecer o que viu na rede social. Os torcedores viram um time aguerrido, mas houve erros. É normal. Mostramos para o torcedor que vamos honrar a camisa do clube. Se não honrar, eu chego duro neles", disse Vanderlei Luxemburgo.

Apesar de admitir uma queda do time na etapa final, Luxemburgo elogiou o fato dos jogadores terem seguido a risca a estratégia passada no vestiário. O treinador disse também que é preciso melhorar a intensidade da equipe.

"Eu sabia que a equipe poderia ter uma queda de rendimento no segundo tempo. Trabalhamos o time técnica e taticamente para inibir a transição rápida deles. Fizemos marcação adiantada, especialmente no tiro de meta. Com a nossa transição defensiva, dominamos. Finalizamos nove vezes. No segundo tempo, era esperado cair. Fiz as trocas, e aí eles estavam forçando muito em cima do Henrique. Temos de melhorar a nossa intensidade. Não só quem sai jogando, mas quem entra também. Estivemos perto do resultado, mas eles tiveram as melhores chances - admitiu o treinador do Vasco.

Passado o duelo contra o Atlético-GO, o Vasco agora foca todas as suas atenções no clássico deste domingo contra o Botafogo. Por ser um confronto direto entre duas equipes que estão lutando contra o rebaixamento, a partida ganhou um ar de decisão para ambos os lados. Pelo lado do Vasco, o foco é total na vitória para que o time possa se manter fora da zona de rebaixamento e ter um pouco mais de tranquilidade para a reta final do Brasileiro.

"O importante é que no pós-jogo as notícias serão boas pela nossa mudança de postura. Mas o próximo jogo é um clássico, que não tem favorito. Estou feliz, mas amanhã temos de focar no Botafogo.

Foto: Rafael Ribeiro

Mais lidas da semana