Mídias Sociais

Esporte

Fluminense vibra com vitória "improvável" em clássico contra o Flamengo

Publicado

em

 

O Fluminense vinha de três jogos sem vitória e duas derrotas consecutivas. Mas como diria o ditado dos boleiros, "clássico é clássico". De virada, o Tricolor das Laranjeiras conquistou uma improvável vitória diante do rival Flamengo, que vem brigando diretamente pelo título do Campeonato Brasileiro.

Os números estavam todos contra o Fluminense. O time ainda não conseguiu se encontrar após a saída de Odair Hellmann e teria do outro lado um dos principais candidatos ao título do Brasileiro. A rivalidade serviu de combustível para que o Flu buscasse forças para superar todas essas adversidades. E foi isso que aconteceu, principalmente na etapa final.

A partida teve como um dos protagonistas o auxiliar Ailton Ferraz, que comandou o time a beira de campo substituindo o técnico Marcão, que foi diagnosticado com a Covid-19. Cabe lembrar que Ailton foi apontado como o autor oficial do gol de barriga de Renato Gaúcho no icônico Fla-Flu de 1995. E Ailton mostrou que é mesmo pé-quente no clássico. Após um primeiro tempo ruim, ele foi determinante para uma mudança de postura na etapa final após bronca no vestiário.

"Sem dúvida que foram dois tempos distintos. Primeiro tempo a gente foi com uma proposta que conseguimos no segundo, que era jogar na linha média e procurar as infiltrações tanto do Michel quanto do Wellington Silva. E a gente no primeiro tempo não conseguiu. O Flamengo teve mérito, conseguiu colocar uma linha alta, pressionar o tempo todo, e nós ficamos muito acuados. No intervalo eu conversei com eles, falei de forçar essa situação das infiltrações e que a gente precisava jogar", disse Ailton.

O auxiliar ainda complementou: "dentro da proposta de transição, a gente abriu mão de jogar, e com isso o Flamengo foi bem no primeiro tempo. Fizemos um segundo tempo equilibrado onde conseguimos os gols. Eu tinha falado na palestra que futebol se decide nos detalhes. Se a gente se preocupasse com esses detalhes, iria conseguir sair feliz. Graças a Deus conseguimos porque os detalhes são esses, as falhas. Se você erra muito em um clássico como esse, você está muito perto de perder", encerrou Ailton.

Apesar da vitória, o Fluminense se manteve na sétima posição. A boa notícia é que o Tricolor das Laranjeiras chegou aos 43 pontos e encostou no Palmeiras, sexto colocado com 44. Cabe lembrar, no entanto, que o Alviverde tem dois jogos a menos por estar disputando as finais da Copa Libertadores.

Foto: Lucas Merçon

 

Mais lidas da semana