Mídias Sociais

Esporte

Botafogo vê clássico deste fim de semana como um divisor de águas na luta contra a degola

Publicado

em

 

Desesperado na luta contra o rebaixamento, o Botafogo vê o clássico deste fim de semana contra o Vasco como um divisor de águas para a equipe. Por se tratar de um confronto direto, a diretoria do Alvinegro entende que o confronto é de suma importância para o time. Uma vitória pode ser o gás que a equipe precisa para reagir. Já uma derrota pode acabar com qualquer esperança de reação nas rodadas finais.

Internamente, o novo presidente em exercício, Durcesio Mello vem buscando alternativas para tentar tirar o time da crise. O mandatário se aproximou do elenco nos últimos dias e tenta criar ações para motivar os jogadores e assim evitar o rebaixamento para a Série B. O clube ainda se agarra ao fio de esperança de se manter na elite do futebol brasileiro.

Botafogo e Vasco estão separados na tabela de classificação por apenas seis pontos. Atualmente, o Cruz-Maltino está na 16ª posição, com 29 pontos. Já o Alvinegro tem 23 pontos e é o 19º colocado. Dada a importância da partida, uma das ações determinadas pela nova diretoria foi que o elenco do Botafogo ficará concentrado por dois dias. O objetivo é manter o foco dos jogadores no confronto.

Apesar da pressão por resultados, o presidente garantiu total apoio ao trabalho do técnico Eduardo Barroca.

"Barroca fica comigo um ou dois anos, gosto muito do trabalho dele e acredito nessa continuidade do trabalho. Ele está fazendo essa parte motivacional e também com treinamentos intensivos, eu tenho acompanhado e estou impressionado", disse Durcesio Mello. Vasco e Botafogo se enfrentam neste domingo (10), às 20h30, em São Januário.

Foto: Vitor Silva

 

Mais lidas da semana