Mídias Sociais

Esporte

Fluminense reclama bastante da arbitragem após derrota para o Internacional

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Fluminense deixou o Beira-Rio bastante irritado com a arbitragem. O Tricolor das Laranjeiras reclamou bastante da validação do segundo gol do Internacional, na derrota por 2 a 1. A equipe carioca alega que o gol foi irregular pois a bola teria batido no braço de Victor Cuesta. O árbitro árbitro Rodolpho Toski Marques chegou a anular o tento marcado por William Pottker, mas voltou atrás após consultar o lance no VAR.

Na coletiva de imprensa após a partida, o técnico Marcão falou sobre o lance. "Pelo que vimos no vestiário, a bola realmente pegou no braço e a equipe do Inter levou vantagem. Deveria ser marcada a infração. Lamentamos por isso. Tem que minimizar esse tipo de erro que causa estrago muito grande. O segundo gol nos atrapalhou, nos prejudicou", afirmou o treinador.

O presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, também reclamou bastante da arbitragem de Rodolpho Toski Marques. O mandatário chegou a afirmar que irá registrar um protesto formal junto a CBF.

"Na segunda irei à CBF registrar nosso protesto formal com o que ocorreu no Beira-Rio. A falta de critério e de conexão entre o árbitro de campo e o VAR foi vergonhosa. O árbitro disse ao nosso capitão no campo que a bola havia batido na mão dele e não na do atleta do Inter. Só ele e o árbitro do VAR viram isso, mais ninguém. Já fomos prejudicados demais neste campeonato e precisamos entender melhor quais critérios estão sendo usados", disse Mário.

Foto Daniel Perpétuo

Clique Diário

E. L. Mídia Editora Ltda
CNPJ: 09.298.880/0001-07
Redação: Avenida Atlântica, 2.500, sala 22 – Cavaleiros – Macaé/RJ

cliquediario@gmail.com
(22) 2765-7353

Mais lidas da semana