Mídias Sociais

Esporte

Fesporte define os últimos detalhes para o revezamento da Tocha Olímpica em coletiva de imprensa

Avatar

Publicado

em

 

Em coletiva de imprensa realizada na tarde desta quinta-feira, dia 28, no Centro de Convenções em Macaé, a Fundação de Esporte (Fesporte) definiu os últimos detalhes do revezamento da Tocha Olímpica. O evento contou com a presença do presidente da Fundação, Thales Coutinho, os condutores Rossini Medeiros, Maria Aparecida e mestre Shiro Matsuda, além de representantes do comitê da Rio 2016. A expectativa é que a chama olímpica chegue a cidade por volta das 18 horas de domingo, dia 31, no Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, o Moacyrzão, onde será dado o início do revezamento.

No encontro, a Fesporte definiu também o trajeto da passagem da Tocha Olímpica pelo município. A expectativa é que a chama cruza uma distância total de aproximadamente 12 quilômetros. De acordo com a programação, ela deve sair do Moacyrzão por volta das 18 horas, seguindo em direção a Ponte Ivan Mudim. Na seqüência, a tocha segue em direção ao mercado de peixes, passando pela Imbetiba, viaduto, até chegar a orla da Praia dos Cavaleiros. O último ponto de parada será a Lagoa de Imboassica e a chegada estimada é por volta das 20 horas.

“É uma grande experiência para nós. Pela primeira vez vamos receber um evento deste porte na América do Sul. Precisamos organizar uma força tarefa muito grande para dar conta de toda a preparação para receber a tocha. Até mesmo por isso eu gostaria de agradecer a todas as secretarias e os envolvidos na realização deste evento”, afirmou o presidente da Fesporte, Thales Coutinho.

Uma das escolhidas para carregar a tocha, a corredora Maria Aparecida não escondeu a emoção. “A ficha só foi cair agora. Estou muito emocionada. Eu comecei no esporte aos 36 anos e jamais pensei que faria parte desse momento histórico da nossa cidade e país. Sou nascida aqui em Macaé e ter a honra de carregar a tocha muito emocionada. É uma forma de reconhecimento do meu trabalho e estou muito feliz”, contou Aparecida.

O mestre Shiro Matsuda também se emocionou bastante em seu discurso. “Estou sem palavras para descrever esse momento. Macaé é uma cidade maravilhosa. Dizem que o Brasil é o país do futebol, mas posso afirmar que hoje é também do judô. Não sou o responsável, mas sim um dos colaboradores para o crescimento da modalidade no município. O esporte transforma as pessoas e o judô educa, e transforma jovens em cidadãos. Estou muito feliz”, afirmou.

O último a falar foi Rossini Medeiros, professor de educação física que também está entre os escolhidos para participar do revezamento. “Foram 40 anos dedicados ao esporte. Estou muito feliz com o convite e gostaria de agradecer a oportunidade. Fui um dos condutores da Tocha no Pan de 2007 e foi uma emoção muito grande ter participado daquele evento. A solução para o Brasil é o esporte. Agradeço primeiramente a Deus e também a todos os meus amigos e familiares”, afirmou Rossini Medeiros.

Toda a programação envolvendo o revezamento da Tocha Olímpica inclusive com detalhes do esquema de trânsito está disponível no site da Prefeitura de Macaé (www.macae.rj.gov.br).

Sérgio Barcellos

Foto Igor Faria 

Mais lidas da semana