Mídias Sociais

Esporte

Everton Ribeiro fala sobre partida que o modo "avassalador" do Flamengo

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Flamengo hoje joga o melhor futebol do Brasil, mas o time avassalador do segundo semestre não começou a temporada da mesma forma. Sob o comando de Abel Braga, o Rubro-Negro oscilava com frequência boas e más atuações. Após a chegada de Jorge Jesus, o time cresceu drasticamente de produção subindo ao patamar em que se encontra hoje.

Essa "virada" no Flamengo tem como marco a derrota para o Emelec, por 2 a 0, nas oitavas de final da Copa Libertadores. É o que acredita Everton Ribeiro, um dos destaques do Rubro-Negro nesta temporada.
"Foi onde nós fechamos e dissemos que tínhamos condição de virar. O que a torcida fez naquela semana e naquele jogo foi incrível. Disseram que não iam parar de cantar em momento nenhum. Nossa chegada ao estádio também foi espetacular. Ali demos um grande passo para chegar onde estamos agora", disse Everton.

Até então, o Flamengo vivia uma fase conturbada na Libertadores. O time havia se classificado para as oitavas apenas na última rodada. Avançou em primeiro por conta do saldo de gols, mas só se garantiu no último jogo, após empate com o Peñarol, no Uruguai. Após o jogo contra o Emelec, o time de fato demonstrou força e conseguiu a virada no Maracanã nos pênaltis. De lá para cá, enfileirou vitórias e encantou o Brasil.

Mesmo com o sucesso momentâneo na temporada, ainda falta uma coisa: "O que vai ficar marcado é quando erguermos as taças", disse Everton, que, como capitão, teria a honra de levantar os troféus.

Foto: Alexandre Vidal

Mais lidas da semana