Mídias Sociais

Esporte

Eduardo Barroca projeta crescimento do Botafogo no Campeonato Brasileiro

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Botafogo retomou o caminho das vitórias no Campeonato Brasileiro. Diante de sua torcida no Nilton Santos, o Alvinegro bateu o Atlético-MG por 2 a 1. O resultado fez com que o time comandado por Eduardo Barroca se mantivesse na décima posição, mas agora a diferença para a  zona de classificação para a pré-Libertadores é de apenas quatro pontos.

"Foi um jogo difícil. No primeiro tempo a gente mais uma vez controlou. Tivemos dificuldades de penetração. O Atlético-MG jogou muito bem organizado, com as linhas próximas, e nós tomamos decisões erradas, principalmente passando do meio. Depois do gol, foi importante para a gente. Todos os jogos em que colocamos vantagem, vencemos", disse o treinador.

Barroca ainda complementou: "no segundo tempo, com mais espaço, conseguimos ser verticais e fazer o segundo gol. Hoje o resultado era muito importante, a gente vinha de uma sequência sem vencer. Por tudo o que estávamos passando, saio bastante satisfeito com o resultado - disse o técnico.

O treinador comentou também o apoio da torcida no Engenhão. Em determinado momento da partida, os torcedores presentes no Estádio entoaram um coro em favor dos jogadores, cobrando também a diretoria para colocar em dias os atrasados.

"A torcida do Botafogo sempre esteve ao lado da gente desde quando cheguei. Sempre. Ela reconhece. Por isso eu não seria capaz de falar que nosso objetivo é brigar lá em baixo. Jamais. O torcedor do Botafogo merece que a gente lute até o fim para brigar o mais em cima possível, mesmo diante de dificuldades. Eu não sou o cara que vou falar: 'A gente vai brigar para não cair, porque todos sabem das nossas dificuldades'. Não preciso falar isso, torcedor sabe qual é a dificuldade, entende a dificuldade e está ao nosso lado. A gente vai dar o nosso melhor. Vejo nos jogadores ambição para brigar por coisa grande na competição. A gente não vendeu nada barato para ninguém nessa competição. E será assim até o final, porque os jogadores do Botafogo têm esse perfil", encerrou o treinador.

Foto: Vitor Silva

 

Mais lidas da semana