Mídias Sociais

Esporte

Eduardo Barroca elogia atuação do Botafogo apesar de derrota no clássico

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Ainda não foi dessa vez que o Botafogo se reencontrou no Campeonato Brasileiro. O Alvinegro lutou bastante e até fez um bom jogo no clássico com o Flamengo, mas não o suficiente para evitar a derrota por 3 a 2. A luta e a força de vontade demonstrada pelos jogadores alvinegros rendeu elogios do técnico Eduardo Barroca, apesar da derrota.

"Primeiro precisa exaltar a atuação e o espírito do Botafogo. Começou com atitude muito boa, abriu vantagem, a bola parada entrou muito bem. Pressionou muito bem a equipe do Fla, conseguimos voltar a fazer o gol. Criamos, tivemos a chance do segundo gol quando estava empatado. Com certeza o Botafogo vai tirar proveito dessa atitude",  disse Barroca.

O treinador também aproveitou a coletiva para falar sobre a arbitragem. Na visão de Barroca, Rafinha e Cuéllar deveriam ser expulsos, o que mudaria toda a dinâmica e até mesmo o resultado final da partida.

"De forma geral, o Botafogo fez boa partida. Não tenho hábito de falar de arbitragem, mas na beira do campo já tive ciência de que as coisas não estavam andando como deveria andar. E você vai sentindo isso em pequenas coisas. O carrinho que Cuéllar deu no Marcinho, da beira do campo, eu já não tinha a menor dúvida de que era para vermelho. O Marcinho indo em direção ao gol, e o carrinho foi por trás. Vocês já devem estar com a imagem aí. Teve o lance do Rafinha, que já tinha cartão amarelo, e fez uma falta no Alex. E ele já tinha dado amarelo para o Pimpão no início num lance até menos agressivo do que esse. E o lance de mão na bola na área, em que entendendo que minimamente, ele teria a responsabilidade ir lá olhar e tirar suas dúvidas", encerrou Barroca.

Foto: Vitor Silva

Mais lidas da semana