Mídias Sociais

Esporte

Caso de racismo ganha novo episódio e Flamengo garente ter provas contra Ramírez

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O caso de racismo contra um dos jogadores do Flamengo segue repercutindo nos bastidores do futebol. Com o intuito de esclarecer o episódio e colher provas sólidas, o Rubro-Negro pediu a especialistas do Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines) para analisar os vídeos da partida.

O resultado dessa análise apontou de fato palavras de cunho racista, mas para surpresa de muitos, o alvo não foi Gérson e sim Bruno Henrique. Segundo o laudo do Ines, Ramírez teria proferido insultos racistas para o atacante do Flamengo, e não para o volante como se presumia. O atleta do Flamengo teria respondido com ofensas à nacionalidade de Ramírez, que é colombiano.

O Flamengo afirmou que pretende apresentar o laudo ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e também à polícia. Nesta semana, Gérson também prestou depoimento em uma delegacia. Caso seja considerado pelo STJD, o laudo deverá complicar bastante a situação de Ramírez.

Enquanto o episódio não é totalmente esclarecido, o jogador colombiano segue afastado do Bahia. Ele não vem treinado com o restante do elenco e só deverá ser reintegrado quando o caso for resolvido. A diretoria baiana também está realizando uma investigação interna, mas não voltou a se pronunciar de forma oficial sobre o incidente.

Foto: Alexandre Vidal

Mais lidas da semana