Mídias Sociais

Esporte

Barroca evita jogar a toalha e segue acreditando que é possível livrar o time do rebaixamento

Publicado

em

 

A situação do Botafogo no Campeonato Brasileiro piora a cada rodada. Após a derrota para o Santos por 2 a 1 no último domingo, a quarta consecutiva na competição, o Alvinegro caiu para a última posição e viu o risco de rebaixamento aumentar. O time agora precisa praticamente de um milagre para evitar a queda para a Série B.

O técnico Eduardo Barroca não se escondeu após mais um resultado ruim no Brasileiro. O treinador chamou a responsabilidade e afirmou que é preciso o elenco ter personalidade para superar esse momento adverso. Mesmo em situação delicadíssimo, o treinador evitou jogar a toalha e continua acreditando que pode livrar o time da queda.

"Mais do que trabalhar o psicológico, é muito importante ter o diagnóstico de personalidade e coragem de cada um de nós. É um momento que estou bastante atento a quem me dá esse tipo de sinal, de regularidade dentro de campo nos momentos de adversidade. Tento encontrar no grupo aqueles jogadores que me dão encorajamento para enfrentar adversidade, personalidade e capacidade de fazer bom jogo mesmo nesse momento adverso. É um momento para pessoas corajosas, pra gente encarar de frente, assumir responsabilidades, trabalhar no limite, se cobrar muito forte", disse o treinador.

Barroca disse que segue buscando alternativas para o que o time possa reagir e assim buscar as vitórias cada vez mais necessárias na luta contra o rebaixamento.

"Nenhum de nós está acostumado a viver o que estamos vivendo, tem que doer, precisamos aprender as lições pra melhorar. Tenho tentado encontrar as soluções dentro do elenco, mexer com eles com treinamentos, motivação e escolhas. Espero que consigamos dar a resposta que tanto precisamos", encerrou Barroca.

Foto: Vitor Silva

Mais lidas da semana