Mídias Sociais

Esporte

Autuori comemora vitória na Copa do Brasil e tenta explica queda de rendimento no 2º tempo

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Botafogo fez valer o mando de campo e largou na frente na briga pela classificação na Copa do Brasil. O Alvinegro venceu o Paraná, por 1 a 0, na noite da última terça-feira (10) no Engenhão e agora terá a vantagem do empate no jogo da volta para avançar na competição. As duas equipes voltam a se encontrar na próxima quarta-feira (18), às 19h15, no Durival Britto.

O Botafogo começou bem a partida, pressionando o rival e dando a entender que conquistaria uma vitória tranquila. Só que a medida que o tempo foi avançando, as coisas mudaram de figura. Após o gol de Luis Fernando, o Alvinegro caiu bastante de produção e passou a deixar muitos espaços para o adversário. A queda de rendimento poderia ter custado a vitória, mas no fim das contas a equipe carioca conseguiu segurar o resultado.

O técnico Paulo Autuori reconheceu a queda de rendimento da equipe. Ele foi questionado por jornalistas na coletiva de imprensa se essa queda poderia ser explicada pela falta de preparo físico do time. O treinador rechaçou essa possibilidade.

"O que houve de diferente do jogo de hoje ao do Flamengo: agredimos sem bola, pressionamos mais alto... Isso é lógico, e dá uma exigência maior em termos de desgaste. Até conseguirmos resistir mais a altas intensidades. Estamos tentando, passo a passo, ir ao encontro disso. É algo a ser construído. Falar de parte física é uma análise isolada. Não acredito em falar isoladamente da parte física ou parte tática... O mental e o emocional também têm muita influência, por exemplo", explicou Autuori.

Foto: Vitor Silva

Mais lidas da semana