Mídias Sociais

Esporte

Vasco ganha "reforço" para duelo contra o Goiás

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Vasco ganhou um reforço importante para o duelo desta quinta-feira (12) diante do Goiás pela Copa do Brasil. O Cruz-Maltino poderá contar com a participação de Fredy Guarín diante dos goianos. Mesmo com o dedo fraturado, o colombiano foi liberado pelo departamento médico para estar em campo.
Guarín foi preservado pelo departamento médico do Vasco no último fim de semana no duelo contra o Goiás. O jogador ainda sentia dores e por isso acabou vetado por precaução. A boa notícia é que ele treinou normalmente com o restante dos companheiros na atividade da última terça-feira. Ele está com a mão imobilizada por conta de uma fratura sofrida no duelo diante do ABC.

Outro que também pode pintar no time é Martín Benítez. Recém-contratado, o argentino desembarcou no Rio de Janeiro há duas semanas e desde então vem treinando com os novos companheiros. Devidamente regularizado, ele está liberado para a partida e a disposição do técnico Abel Braga.

Embora esteja liberado, a presença de Benítez diante do Goiás é incerta. Não está descartada a hipótese dele compor o banco de reservas. Internamente, o clube avalia como mais provável sua estreia no clássico diante do Fluminense, marcado para o próximo domingo, no Maracanã. Vasco e Goiás se enfrentam nesta quinta às 21h30, em São Januário.

Diretoria paga parte dos atrasados

Outra boa notícia no Vasco é que nesta quarta-feira (11) a diretoria conseguiu pagar parte dos salários atrasados do elenco principal. A direção usou a verba que recebeu de premiação pela classificação na Copa do Brasil para quitar o mês de dezembro, somente a parte que corresponde ao salário na Carteira de Trabalho.
O clube ainda deve a segunda parcela do 13º, férias e salários de janeiro e fevereiro.Apesar de, para a Justiça do Trabalho, já contar a dívida de fevereiro a partir do quinto dia útil de março, há um acordo no clube para vencimento do mês anterior somente no dia 20 de cada mês. Os direitos de imagem não estão sendo pagos desde setembro de 2019, mas hoje somente uma parcela reduzida do elenco ainda mantém esse tipo de contrato.

Foto: Rafael Ribeiro

Mais lidas da semana