Mídias Sociais

Esporte

Após baixa no ataque Botafogo vai ao mercado para reforçar sistema ofensivo

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Botafogo confirmou na manhã desta terça-feira (29) a rescisão de contrato do atacante Rodrigo Aguirre. O jogador sequer treinou com o restante dos companheiros pela manhã e embarcou para o Uruguai. A saída de Aguirre deixa uma lacuna no elenco, que precisará ser preenchida pela diretoria. Exatamente por isso o clube observa o mercado em busca de novos nomes para reforçar o setor ofensivo.

Após a rescisão de contrato de Aguirre, o Botafogo encaminhou sua documentação para a Udinese, da Itália, que é o clube que detém os direitos econômicos do jogador. O atleta chegou ao Alvinegro cercado de expectativa mas não conseguiu corresponder dentro de campo. Ele deixa o Glorioso tendo disputado 25 partidas e marcado apenas um gol nesse período.

Sem Aguirre, o Botafogo conta atualmente apenas com Kieza e Igor Cássio para a posição de centroavante. Ciente da possibilidade de perder o jogador, a diretoria do Alvinegro vinha se movimentando nos bastidores em busca de reforços para o setor. O clube inclusive chegou a dar início a uma sondagem por Vagner Love, mas o jogador acabou acertando com o Corinthians na última semana. Um dos nomes que também chegaram a ser ventilados nos bastidores foi o do atacante argentino Hernan Barcos, que deixou recentemente o Cruzeiro.

Publicamente, a diretoria não fala sobre negociações em curso. Enquanto não anuncia reforços para o setor ofensivo, o Botafogo segue se preparando para o duelo decisivo diante do Resende, às 20 horas da próxima quinta-feira (31) no Engenhão. O Alvinegro ainda tem remotas chances de classificação para a semifinal da Taça Guanabara, mas precisará vencer seus dois últimos jogos e também torcer por uma combinação de resultados para avançar.

Foto: Vitor Silva

Mais lidas da semana