Mídias Sociais

Esporte

Alunos do projeto Macaé Vai à Luta vão disputar sua 1ª competição oficial de 2018 neste sábado

Sérgio Barcellos

Publicado

em

Os alunos do projeto municipal Macaé Vai à Luta vão disputar neste final de semana, mais precisamente neste sábado (3), a sua primeira competição oficial de 2018. Na ocasião, eles vão participar do I Circuito Interno de Jiu-Jitsu. O torneio é organizado pela Cesar Maillet Team (CMT) e tem como um dos objetivos promover a integração entre os polos de luta de Macaé, além de trazer mais oportunidades para as crianças e adolescentes que sonham com a vida de atleta.

O I Circuito Interno de Jiu-Jitsu deste final de semana será realizado na Igreja Peniel, que fica na Avenida Humberto de Queiroz Matoso, no Bairro Campo D’Oeste. O evento está previsto para ter início a partir das 9 horas da manhã. A expectativa entre os participantes é enorme e a tendência é que tenhamos disputas de alto nível.

O projeto Macaé Vai à Luta está sendo desenvolvido no município desde 2002, pela secretaria de esportes. Hoje o projeto atende desde crianças a partir dos 7 anos até adultos. As aulas são realizadas no polo esportivo do Ciep Maringá e no Centro de Esportes Unificados (CEU) das Malvinas de forma inteiramente gratuita.

As aulas são ministradas diariamente e o horário costuma variar bastante (9h, 10h, 12h, 14h e 15h). Quem quiser fazer parte do projeto basta se apresentar em um dos polos (tanto no Ciep Maringá quanto no CEU das Malvinas) e procurar os professores Carlos Eduardo de Mesquita Lemos, Issac Guimarães e Ranieri Fernandes. A inscrição é feita na hora, no próprio local. O projeto é voltado para todos os públicos, inclusive mulheres. Uma das participantes inclusive conquistou o terceiro lugar no Campeonato Brasileiro da modalidade em 2017.

“É muito gratificante ensinar uma arte marcial tão maravilhosa como é o Jiu Jitsu. Tanto as crianças de 7 anos como os alunos de 15 anos e os adultos, aprendem a importância do respeito mútuo e da disciplina” afirmou o professor faixa preta, Ranieri Fernandes.

Foto: divulgação

Mais lidas do mês