Mídias Sociais

Cidades

Subprefeitura de Tamoios, em Cabo Frio, funcionará em meio expediente

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

 

A Subprefeitura de Tamoios, Distrito de Cabo Frio, passou a funcionar em regime de meio expediente no horário de 8h às. A medida foi adotada com o objetivo de conter os avanços do coronavírus no distrito, seguindo os decretos editado pelo prefeito Dr. Adriano Moreno. O atendimento em meio expediente será mantido por tempo indeterminado.

De acordo com a Prefeitura, o atendimento à população não será interrompido e a equipe fará os atendimentos após o horário estipulado pelo telefone de contato (22) 99258-5253 ou pelo e-mail tamoios@cabofrio.rj.gov.br.

A medida é válida para todos os setores da Subprefeitura, exceto o Tratamento Fora de Domicílio (TFD), que irá funcionar em horário integral restringindo o atendimento ao público, atuando apenas com o recebimento de documentos.

Para a subprefeita de Tamoios, Tamires Carneiro, neste momento é importante as pessoas terem consciência dos riscos da doença e de que as medidas são para diminuir os efeitos da contaminação.

“Nesse momento complicado as pessoas precisam entender que a medida é para o bem de todos. Se cada um fizer a sua parte, os efeitos dessa doença terrível  serão amenizados. Por favor, evitem sair de casa sem necessidade. Disponibilizamos um telefone e um e-mail pra facilitar o atendimento. O objetivo é zelar pela saúde de toda a comunidade.”

 

Medidas e orientações estabelecidas para os servidores públicos municipais, válidas até 16 de abril de 2020.

 

Ficou estabelecido que os portadores de doenças crônicas ou que diminuam a resistência do sistema imunológico estão dispensados para aderirem à quarentena mediante a apresentação de atestado médico expedido pelo Sistema Único de Saúde (SUS) ao secretário da pasta.

Os servidores com mais de 60 anos também estão dispensados das atividades. Pela essencialidade do serviço, a dispensa não se aplica ao corpo médico e auxiliares diretos como enfermeiros, técnicos de enfermagem, dentre outros.

Casos suspeitos ou confirmados, sejam do servidor ou de pessoas que moram na mesma residência, estão dispensados do serviço enquanto perdurar a situação. É necessário o envio do laudo médico, por qualquer meio eletrônico, ao secretário responsável pela pasta, não sendo admitido que seja entregue em mãos a fim de evitar ao máximo o contato físico com os funcionários em atividade.

Foi autorizada ainda a redução do quantitativo de pessoal e o rodízio de trabalho para evitar a aglomeração em locais fechados. As normas e o procedimento para o atendimento ao público, e as suas restrições, ficarão a cargo de cada secretário. Esta medida não se aplica aos quadros da Saúde, Guarda Civil Municipal e Ordem Pública, que deverão seguir os serviços normalmente.

Está proibida a utilização de copos, talheres, vasilhas e pratos de vidro/plástico de propriedade do município. Os objetos deverão ser de natureza pessoal e exclusiva, ficando proibido, no âmbito das dependências dos órgãos municipais o compartilhamento.

Qualquer alteração no cenário poderá permitir a ampliação, redução ou adequação das medidas e prazos adotados.

Mais lidas da semana